PT E NEWTON: UM “FLERTE” ANTIGO

Não é de hoje que o PT de Ilhéus e o prefeito Newton Lima estão flertando politicamente.

O primeiro passo para a formação da aliança, que pode ser concretizada hoje (sexta/08), veio do partido em Ilhéus, diferente do que foi publicado, onde a união teria surgido em Salvador, através da direção estadual do partido.

A entrada do governador no processo, dá mais força, pois Wagner, além de padrinho da coalizão, por outro lado, facilita seus caminhos, no momento em que está buscando condições para vencer as eleições deste ano, já no primeiro turno.

Sem rumo após a saída do médico Ruy Carvalho, o PT de Ilhéus, apesar das três cadeiras que ocupa na câmara de vereadores, nunca foi prestigiado pelo governo estadual. O partido está ressentido, já que vê seus adversários ocupando espaços “largos” na máquina administrativa, quando ele, que sempre comeu “poeira” ao lado de Wagner, é sempre preterido.

Recentemente, o deputado estadual Capitão Fábio, ligado a Itabuna, conseguiu nomear o ex-vereador Val do Vilela (111 votos na última eleição) para o SAC (serviço de atendimento ao cidadão), deixando mais uma vez o PT de Ilhéus “chupando o dedo”.

A entrada dos “companheiros” ilheenses no governo municipal resolve um problema antigo de Wagner. Ávidos por cargos e “bocas”, o PT de Ilhéus está excitadíssimo com a possibilidade de matar a sua fome, de saciar a sua sede.



One response to “PT E NEWTON: UM “FLERTE” ANTIGO

  1. “Pairo acima dos partidos, demito e depois vou à missa, beija mão pede perdão se quiser ter um carginho, meu mundo é bem pequeno, pequeno, pequenininho, amigos tenho poucos, o povo nem um pouquinho, no fundo desta conversa, a Santa Inês que me perdoe, só amo mesmo o meu mundinho”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *