OBRAS DO VILELA ESTÃO PARALISADAS. 272 CASAS CORREM RISCO DE INVASÃO

Casas podem ser invadidas a qualquer momento.

Em primeira mão.

A empresa Gemec, responsável por uma obra de infraestrutura no bairro Teotônio Vilela (Ilhéus), incluindo a construção de 272 casas, paralisou o serviço no final de fevereiro.

A construtora alega que a prefeitura não cumpriu cláusulas contratuais, ligadas a reajustes de valores, que somam 2 milhões de reais. A  obra  ganhou novos componentes, sendo assim, foi necessário acrescentar mais recursos.

Por outro lado, sindicalistas acusam a Gemec de não cumprir a legislação trabalhista e de não aceitar a fiscalização imposta pela CIPA (comissão interna de prevenção de acidentes). A paralisação teria “vindo a calhar”, já que a demissão dos 180 operários culminou na dissolução da CIPA.

O Secretário de Planejamento Alisson Mendonça disse ao Blog do Gusmão que o problema será resolvido nos próximos dias. A obra será retomada em maio e a Secretaria de Desenvolvimento Urbano da Bahia (SEDUR) vai bancar os dois milhões de reais.

Enquanto a obra “adormece” alguns moradores do bairro Teotônio Vilela ameaçam invadir as 272 casas que estão quase prontas. O projeto original, financiado principalmente pela Caixa Econômica Federal (CEF), prevê a mudança das famílias que moram na Rua do Mosquito (área de manguezal) para as novas residências em fase de acabamento.

A possibilidade de invasão pode inviabilizar o sucesso do projeto.



One response to “OBRAS DO VILELA ESTÃO PARALISADAS. 272 CASAS CORREM RISCO DE INVASÃO

  1. caro amigo o final deste filme .eu já sei, vou só ilustrar para os ilhéenses. fui morador desta sofrida comunidade da qual fui fundador da associação de moradores e o seu primeiro presidente toda vez que se faz um projeto para se retirar os moradores deste local primeiro se retiram uma fatia de verba para os acordos quando acabar a verba vai junto a construção das moradias.Neste esquema já veio dinheiro do banco mundial,bird e chau. saiu pelo ralo foi para o beleleu pode ter certeza de que de hoje até no maximo 30 dias as casas vão estar todas oculpadas e as passaos da rua do musquito ou seja rua Floresta Manguezal como é registrada em carto´rio de titulos e documentos vão ficar onde estão como tambem os reais no bolso dos tubarões do poder de nossa lindissima cidade. ass. antonio carlos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *