BLOG DO GUSMÃO

Menu

Siga-nos

FARRA DE CARGA HORÁRIA NO HOSPITAL REGIONAL

O silêncio persiste.

A auditoria realizada no Hospital Regional de Ilhéus, pelo TCE, em 2008 (de janeiro a junho), revela fatos muito curiosos.

O relatório fala sobre diversos servidores que acumularam cargos. Alguns conseguiram a proeza de trabalhar 540 horas por mês, ou seja, em média 18 por dia. Segundo o TCE, a carga horária em excesso “além de contrariar os princípios legais, é improvável de ser cumprida” (leia o documento aqui).

O Blog do Gusmão tentou entrevistar o diretor do Hospital Regional, na época, o médico e prefeiturável Ruy Carvalho (PRB).

O presidente do PRB de Ilhéus, Sebastião Vivas, recomendou que enviássemos as perguntas por escrito, na tentativa de selecionar os assuntos abordados.

Não aceitamos a condição imposta, uma vez que além de antidemocrática, está alheia à nossa postura profissional.

A dúvida continua! Por que Ruy Carvalho, político respeitado e incorruptível, tido como reserva moral, se nega a explicar as “minúcias” do relatório do TCE?

WhatsApp
Facebook
Twitter
Email
Print

4 respostas

  1. Gusmão,
    Dr. Ruy perde uma grande oportunidade de falar sobre as graves denuncias ocorridas no Regional.
    O que se comenta nas rodas de conversas é que tem muita sujeira nas contas do Hospital.
    Dr. Ruy sabe e não diz nada.
    E aí, perdeu credibilidade. É uma pena.

  2. gente é preciso tomar cuidado, para com as pessoas de bem. sabemos que em ilhéus há políticos mais podres do que o caldo verde que escorre no canal do malhado e, imprensa… diante de tantas denuncias e comprovações de atos corruptos que caem sobre tantos outros nomes, querer imputar ao Dr Ruy, atos, talvez criminosos, de outras pessoas, me parece muito estranho.
    obs: no Brasil, se tratando de Imprensa, políticos, dinheiro e, corrupção, é preciso muita atenção…pois dependendo da quantia,o heroi será transformado,pela imprensa, facilmente em ladrão.

  3. Por que eu não vejo a cobrança da imprensa acerca dos absurdos que o JABES Ribeiro fez nas gestões anteriores?

    Por que ele nunca é cobrado a explicar os absurdos de gestão que fizeram Ilhéus estar na situação financeira decadente em que se encontra?

    Tem muito jabista em pele de cordeiro na imprensa ilheense!

  4. O pior é que de lá pra cá a coisa só piorou, vários profissionais moravam e trabalhavamm fora do estado e continuavam escalados aqui no hospital, bioquímico que nem era filiado a sindicato, afastado a disposição do sindsaude-ba, o almoxarifado abastecia os cartuchos de impressoras de muita gente, fora outras práticas… a atual gestão é que está tentando reorganizar a casa e olha que não está fácil…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Newsletter

Fique Informado

Assine a newsletter e receba as notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.
É rápido. É fácil. É de graça.

Siga-nos
Mais lidas
abril 2012
S T Q Q S S D
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30