A SUBLIME ARTE DE SE AUTOPROMOVER

Por Gustavo Felicíssimo

Lanço meu próximo livro em Ilhéus, no dia 10 de agosto, data em que se comemora o Centenário de Jorge Amado. O evento ocorrerá no Centro de Convenções, dentro da programação do Terreiro da Poesia. “Procura e Outros Poemas” é uma obra imersa em uma configuração peculiar, que é a Retranca, cuja formatação estrófica, criada por Alberto da Cunha Melo, consiste num quarteto na forma abcb, um dístico rimado, um terceto na forma ded e um outro dístico final, também rimado. Cada verso possui oito sílabas métricas.

Comecei a escrever retrancas ainda no ano de 2003, logo após a publicação de “Dois caminhos e uma oração ”, obra editada nesse mesmo ano, e que, dos três livros reunidos, dois trazem, originalmente, poemas dentro dessa formatação. Portanto, desde a escrita de minha primeira retranca até a publicação de “Procura e Outros Poemas”, nove anos se passaram.

(mais…)

AGENTES DA PF EM ILHÉUS PARAM ATIVIDADES

Agentes entregaram as armas, em forma de protesto.

Nessa quinta-feira (09), agentes, escrivães e o papiloscopista da delegacia de Polícia Federal em Ilhéus continuaram mobilizados, seguindo a paralisação nacional da categoria.

De acordo com o comando de greve local, os policiais só estão efetuando serviços emergenciais, como atendimento de flagrantes, custódia de preso e segurança orgânica da delegacia.

Assim como em outras cidades, os agentes federais entregaram as armas e distintivos, para externar  a indignação da categoria diante do posicionamento do governo sobre a greve.

PEQUENOS AGRICULTORES SÃO PAGOS PARA TOMAR CONTA DAS FLORESTAS

Da Rede Sustentável

Receber dinheiro para preservar florestas é uma realidade em oito estados brasileiros. É o chamado PSA: Pagamento por Serviços Ambientais, que beneficia comunidades tradicionais e pequenos agricultores dispostos a adotar práticas ambientalmente sustentáveis.

Manter uma floresta em pé significa muito mais do que deixar de tirar a madeira. Uma floresta preservada representa geração de oxigênio, proteção do solo, das águas, da vida. Esses “serviços” prestados pela floresta são considerados por diversas iniciativas que renumeram comunidades que optam por não devastar. Elas recebem dinheiro para garantir a integridade dos serviços prestados pelas florestas.

CADEIA PRODUTIVA
O PSA foi adotado após a constatação de que é uma ilusão acreditar que apenas a legislação ambiental, a fiscalização e a criação de áreas de conservação seriam suficientes para garantir os ecossistemas. Por enquanto, adotam a iniciativa os estados de Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Acre e Amazonas.

Mato Grosso e Pará, campeões de desmatamento, da grilagem de terras e da violência contra comunidades tradicionais, optaram por não implantar o PSA. Especialistas acham que seria necessário uma lei federal que determinasse a implantação do PSA nesses estados.

A devastação ambiental está intimamente ligada à cadeia produtiva de grandes empresas. Siderúrgicas usam madeira retirada de forma predatória para fazer carvão e produzir aço. Frigoríficos financiam produtores de gado que muitas vezes criam os animais em áreas de preservação, em terras indígenas e em áreas embargadas pelo Ibama. Produtores de soja invadem terras indígenas.

Não é coincidência que essas empresas têm forte atuação no Mato Grosso e no Pará, estados que não implantaram o PSA.

VAGAS DE EMPREGO PARA SEXTA-FEIRA EM ILHÉUS

Os interessados devem se dirigir à unidade do SineBahia no SAC, sala 13, situado na Rua Eustáquio Bastos, 308, Centro de Ilhéus. É necessário levar carteira de trabalho, RG, CPF e Comprovante de Residência.

O atendimento é feito unicamente de forma presencial. A divulgação das vagas é de responsabilidade do Sine-Ilhéus e valem para sexta-feira (10). Na maioria das oportunidades é necessário ter experiência nas funções.

  • Analista de Comercialização

Formação: Ensino Superior Completo, formado em Administração (Preferência com ênfase em Marketing)
06 meses de experiência, comprovada em CTPS
Possuir carro ou moto e CNH ‘AB’
01 vaga

  • Assistente de laboratório industrial

Formação: Ensino Médio Completo
06 meses de experiência
01 vaga

  • Atendente de Balcão

Formação: Ensino Fundamental Completo
03 meses de experiência
05 vagas

Clique no leia mais e confira outras vagas.

(mais…)

INDICADORES DA SAÚDE DE ILHÉUS – 3

Nessa quinta-feira (09), o Blog do Gusmão finaliza a divulgação dos dados referentes à saúde de Ilhéus, que constam no sistema de indicadores sociais.

O sistema foi encomendando pelo Instituto Nossa Ilhéus. Hoje mostraremos os seguintes indicadores da saúde: Internação por IRA e DDA, Mortalidade motivada por problemas no aparelho circulatório, mortalidade por câncer do colo do útero e de crianças menores de cinco anos.

Os dados colhidos referem-se aos últimos três anos (2009-2011). Usaremos valores absolutos para facilitar a compreensão.

Internação por IRA– A Infecção Respiratória Aguda (IRA) em crianças está relacionada às más condições socioeconômicas (como local de residência inadequado e alta densidade domiciliar) e de atenção básica à saúde infantil, principalmente diante de fatores ambientais.

Problemas respiratórios levaram 349 ilheenses à morte no ano passado.

Em Ilhéus, os casos de IRA tendem a diminuir. Em 2009, foram 438 internações. Um ano depois, 475 e em 2011 houve queda significativa, chegando a 349.

Internações por DDA – A internação de crianças por doenças diarreicas agudas (DDA) reflete as condições socioeconômicas e de atenção básica à saúde da criança, associada às condições de infraestrutura ambiental. Indica também a efetividade de medidas de prevenção e controle, bem como as condições de diagnóstico e da assistência médica dispensada.

Apesar de um aumento acentuado entre 2009 e 2010, de 377 para 559, no último ano, os números diminuíram, indo a 292.

Mortalidade por problemas no aparelho circulatório – A mortalidade por causas do aparelho circulatório está entre as principais causas de mortalidade no país. Ela é associada a fatores de risco como tabagismo, hipertensão, obesidade, colesterol, diabete, sedentarismo e estresse. Ela expressa também as condições de diagnóstico e da assistência médica dispensada, principalmente na atenção básica e nas ações preventivas.

Em 2009, foram 327 óbitos. 2010 fechou com 295 e no ano passado foram registrados 262 casos.

Mortalidade por câncer do colo do útero– É o segundo tipo de câncer mais comum entre mulheres no Brasil e no mundo. Seu controle é considerado prioritário pela Política Nacional de Atenção Oncológica, já que a mortalidade é, em grande parte, evitável por meio de exames preventivos e rastreamento dos casos.

Mortes de mulheres com câncer no colo do útero aumento em Ilhéus.

Apesar da queda entre 2009 e 2010, de 6 para 5 casos, no ano passado houve um aumento, chegando a 8 mortes.

Mortalidade de crianças menores de 5 anos – A mortalidade de menores de cinco anos é apontada pela Organização Mundial de Saúde como um indicador de grande relevância. À medida que a mortalidade infantil (até um ano) decai, em razão da melhoria do atendimento à gestante e à atenção no primeiro ano de vida, a mortalidade até cinco anos capta com maior precisão condições de vida, saúde e higiene adversas, servindo como indicador geral de desenvolvimento social.

Comparada a 28 cidades de mesmo porte, Ilhéus fica na última posição nesse indicador, ao mesmo tempo em que apresenta alguma redução na incidência. Em 2009, foram 81 óbitos. 2010 fechou com 76 e 2011 com 73.

Para conferir os outros indicadores da saúde de Ilhéus, basta clicar aqui ou aqui.

CAMPANHA ELEITORAL TOMA CONTA DA CÂMARA

Na câmara de Ilhéus tem vereador que apoia Carmelita Ângela (PT) e aqueles que morrem de amor pelo candidato do PP, Jabes Ribeiro.

Até aí, tudo é compreensível.

O problema é quando os vereadores transferem das ruas para o local de trabalho, no caso a câmara, o clima de disputa entre os prefeituráveis.

Na sessão de ontem (quarta, 08), o clima ficou pesado por lá. Discussões acirradas entre jabistas, como o vereador Gurita, e apoiadores de Carmelita, como Alisson Mendonça, pautaram os debates, que, diga-se de passagem, foram pouco proveitosos.

Cerca de 30 pessoas que acompanhavam a sessão ficaram pasmas com a postura dos vereadores.

OS PROCESSOS NOS ORGULHAM

O Blog do Gusmão não carrega nenhum peso na consciência por responder processos movidos por Jailson “Sarney” Nascimento, Marleide “dengue” Figueiredo, Ângela “Deus me abençoe” Sousa, Carlos “imoralidade pública” Freitas, Newton “indiciado pela PF” Lima e Ronaldo “nepotismo” Lavigne.

Responder processos em nome da liberdade de imprensa não é confissão de culpa. Nenhum foi julgado em última instância.

Ao lado dos teclados usados pelos redatores deste espaço, está o acórdão do STF, que pôs fim à lei de imprensa, em 2009. Conhecemos o endereço do Supremo Tribunal Federal.

Ficaríamos tristes, se os nossos advogados estivessem ocupados com processos oriundos de José Henrique Abobreira, Renato Costa, Carlos Pereira Neto, Waldir Pires, Emiliano José, Socorro Mendonça, Morgana Krieger, Rui Rocha, Romualdo Lisboa, Fábio Magal, Gil Gomes, Paulo Paiva e Marcos Pennha.

Aqui, não costumamos atender conveniências alheias ao interesse público.

Nossa independência editorial não tem preço.

UM SOPRO DE CULTURA

O Festival Amar Amado, bancado pelos governos federal (ministério da cultura) e estadual, traz para Ilhéus um sopro de cultura, algo não visto na cidade nos últimos oito anos.

Com o pano de fundo do centenário do escritor Jorge Amado, que chegaria aos cem anos amanhã, dia 10, a cidade ganhou uma sobrevida cultural.

O centro está vivo de novo. Atividades literárias, musicais e do teatro acontecendo simultaneamente no TMI, centro de convenções e na casa dos artistas.

Não é difícil vermos ônibus trazendo excursões de todo o Brasil para a cidade.

Enfim, depois de oito anos em coma, graças a Jorge, Ilhéus acordou.

O medo que bate na porta do ilheense é de que a cidade só viva outro momento desse daqui a cem anos.

O DESCASO COM AS COMUNIDADES NO TRAJETO DA FIOL

Agentes da Comissão Pastoral da Terra (CPT) estão realizando mutirões em Brumado, Caetité, Ubaitaba, Gongogi e Barra do Rocha para apurar o andamento da obra da Ferrovia de Integração Oeste Leste (Fiol) e o tratamento dispensado as comunidades instaladas no trajeto da Fiol.

Em localidades como a fazenda São Pedro, na região do Vapor, em Ubaitaba, a comissão apurou o descaso do poder público.

Nessa fazenda, onde 13 famílias vivem da agricultura de subsistência, a VALEC entrou na justiça para tomar as terras e definiu o valor total das indenizações em R$ 36 mil.

Para desespero dos agricultores, o valor será dividido entre as treze famílias.

De acordo com a CPT, a população assinou o recebimento sem ao menos compreender o que continha o documento.

Os mutirões serão encerrados nessa quinta-feira (09) e devem revelar outros casos parecidos com o da fazenda São Pedro.

DOM MAURO SE REÚNE COM ÍNDIOS TUPINAMBÁ

Dom Mauro tenta mediar conflitos.

O bispo diocesano de Ilhéus, Dom Mauro Montangoli, se reuniu com lideranças indígenas na tarde de ontem (quarta, 08) para ouvir as demandas do povo tupinambá e tentar negociar uma saída para os constantes conflitos envolvendo índios e agricultores.

Na reunião, o coordenador do Movimento Unificado dos Povos e Organizações Indigenas da Bahia, Cacique Babau, e a Coordenadora Regional, a Cacique Maria Valdelice, entregaram a Dom Mauro um nota cobrando urgência na demarcação da terra Tupinambá.

No fim da reunião, os índios Tupinambá de Olivença também pediram ao Bispo que visite algumas áreas em conflito para verificar em loco e realidade dos indígenas e que Dom Mauro escreva ao Papa relatando a situação.

JUQUINHA NEVES COMPROU TERRAS ONDE FERROVIA SERÁ CONSTRUÍDA

Do Congresso em Foco

Juquinha pretendia vender terras para o governo.

Ex-presidente da Valec tem três propriedades em Novo Mundo, em Goiás, no local onde vai passar a Ferrovia da Integração Centro-Oeste, informa Leandro Mazzini, na Coluna Esplanada.

O ex-presidente da Valec José Francisco das Neves, o Juquinha, se aproveitou de estudo que encomendou para o traçado de uma ferrovia para comprar fazendas na rota do trilho. São as três propriedades que tem em Novo Mundo, Noroeste de Goiás, por onde passará a Ferrovia de Integração Centro-Oeste. Entre 2009 e 2010, a Valec pagou à Oikos Pesquisa Aplicada Ltda. estupendos R$ 42,5 milhões apenas para levantamento geofísico para instalação de ferrovias. As fazendas ainda ficam em áreas ricas em bauxita e calcário.

Curioso
No Portal Transparência, da União, registram-se quatro pagamentos milionários à Oikos. Apesar da experiência, ela teria subcontratado a Orbis Soluções Ambientais para o serviço.

Do trilho à cela
Demitido pela presidente Dilma Rousseff, Juquinha vive inferno astral, mas continua rico. Foi preso em julho por operação da PF em Goiânia.

Maquinista
Foi o próprio Juquinha quem anunciou em evento o trecho de 410 km que passará por suas fazendas, segundo o edital. Ele pretendia negociar R$ 1 bilhão com o governo.

HOJE TEM MARGARETH MENEZES NO CENTRO DE ILHÉUS

A organização do Festival Amar Amado, que acontece no centro de Ilhéus em homenagem ao centenário do escritor Jorge Amado, confirmou para essa quinta-feira (09) o primeiro grande show do evento, o da baiana Margareth Menezes.

A apresentação, segundo a programação do festival, começará às 22h, no palco montado no estacionamento da Avenida Soares Lopes (ao lado da catedral). O show será gratuito.

AGENDA DOS CANDIDATOS – ILHÉUS E ITABUNA (09/08)

Jabes em corpo a corpo no Mambape.

Jorge Luiz (PSOL)

15h – Visita a Tapera;
20h – Visitação ao Festival Amar Amado, com concentração na Catedral.

Jabes Ribeiro (PP)

09h – Visita ao Alto do Coqueiro, com saída do Posto de Saúde Sarah Kubitschek;
15h30min – Visita à Rua do Cano, com saída do Parque Infantil.

A candidata do PT, Carmelita Ângela, não enviou a agenda.

ITABUNA

Zé Roberto (PSTU)

8h – Encontro com Policiais Militares;
14h – Reunião com rodoviários para discutir programa de transporte;
19h – Encontro com estudantes da rede estadual.

Vane do Renascer (PRB)
9h – Visita ao Centro Comercial (concentração ao lado do Itão);
15h – Visita a moradores do Bairro Novo Jaçanã;
20h – Reunião com empresários no Sindicom (Avenida do Cinquentenário).

Juçara Feitosa (PT)
8h- Corpo a corpo no Zizo (saída do Posto Médico);
14h- Corpo a corpo bairro Nova Esperança (Entrada do bairro);
19h- Encontro com moradores do Fátima.

Pedro Eliodório (PCB)
9h – Panfletagem e corpo a corpo no Stª Catarina e Novo Lomanto;
15h – Panfletagem e corpo a corpo no Lomanto e Odilon.

Capitão Azevedo (DEM)
15h30min – Visita à Nova Califórnia (Associação de Moradores);
19h30min – Reunião com a juventude (Salão da Igreja Stª Maria Goretti).

Zem Costa (PSOL)
8h – Reunião com a equipe de marketing;
15h- Grava programa de TV e rádio;
18h – Gravação de jingle de campanha.