“DE OLHO NA CÂMARA” SOFRE AMEAÇAS

de olho na câmaraO programa “De olho na câmara”, do Instituto Nossa Ilhéus, sensibilizou alguns vereadores a mudarem o comportamento no plenário.

Antes, muitos entravam e saíam sem parar, atendiam celulares a todo o momento e sequer prestavam atenção sobre o que estavam votando.

O “De olho na câmara” também pesquisou a atuação parlamentar de cada membro. Quem teve desempenho medíocre ficou aborrecido quando o Nossa Ilhéus divulgou o número de projetos apresentados.

Na atual legislatura, cresce um sentimento de repúdio à fiscalização dos vereadores. Alguns planejam campanhas difamatórias contra Socorro Mendonça e Morgana Krieger.

O vereador Aldemir Almeida (PSB) mencionou a possibilidade de proibir que o “De olho na câmara” fotografe os edis no plenário (ideia completamente descabida).

No facebook o programa é sucesso total, mas, a comunidade precisa apoiar de outras formas, já que a pressão de alguns vereadores pode impedir sua continuidade.

Quem apóia o programa deixe seu comentário e se possível participe das sessões na câmara, às terças e quartas.



24 responses to ““DE OLHO NA CÂMARA” SOFRE AMEAÇAS

  1. Por uma questão de responsabilidade, esse tipo de denúncia deveria ser formalizada pelas vitimas e os nomes de quem faz as ameaças divulgados.

    Toda Cidade sabe que quem comanda o Instituto Nossa Ilhéus, são as mesmas pessoas que estão coordenando a campanha contra o Porto Sul.

    Será que elas querem o melhor para Ilhéus ou apenas fazer papel de “bonzinhos”?.

    Existem diversas denúncias de que essas ONGS recebem financiamento de empresários do Sul, sudeste e de outros países.

  2. Eu apoio irrestritamente o excelente trabalho realizado pelo programa “De olho na câmara”, do Instituto Nossa Ilhéus. O controle social das atividades no âmbito do legislativo é fundamental para promover o desenvolvimento do município, tendo em vista a obrigatoriedade dos edis de fiscalizar o executivo, todavia vêm desempenhando pessimamente uma das poucas atividades da função. Eu, particurlamente, deixei de acompanhar às sessões pela nível medíocre dos “debates”, a irrelevância nenhuma das “discussões” e propostas. A falta de reverência na condução dos trabalhos é algo impressionante. Sofro de constrangimento alheio ao assistir às sessões, tamanho o despreparo, desinteresse e a desinformação de boa parte dos vereadores, independentemente de qual seja a “nova” composição, em qualquer legislatura sempre se comportaram da mesma forma. Alguém precisa chamar esses representantes do povo à reponsabilidade! Parabéns ao Instituto Nossa Ilhéus!!! Eu apoio!

  3. É lamentável que na atual conjuntura queiram impor Ditadura;entendo que o “De olho na câmara” Presta também serviço de informação, onde busca a transparência tão fundamental para as melhorias dos serviços e para o interesse público e social. É lamentável e vergonhosa a atitude de vereadores se opõem a democracia.

  4. * Como associado-fundador do Instituto Nossa Ilhéus (INI), digo que as diretoras Maria do Socorro Mendonça e Morgana Martins Krieger prestam um grande serviço à sociedade, ajudando a fortalecer o poder público constituído.

    Os vereadores têm mais é que agradecer pelo relevante papel desempenhado pelas diretoras do INI. A não ser que se trate de edil receoso de que seus atos (ou falta deles) tornem-se públicos; o que seria incompatível com a lógica.

    Como se sabe, o salário de vereadores e demais servidores da Câmara Municipal é pago com o suado dinheiro do cidadão.

    Democracia JÁ!

    Marcos Pennha

  5. Parabéns ao Instituto Nossa Ilhéus, estou disposto sim a participar dessa corrente.Transparência sim, porque que não deve não teme.

  6. Pensando melhor, me desculpe Instituto Nossa Ilhéus, pois veja bem eu posso achar que vocẽs buscam financiamento, até mesmo de empresários, e para um trabalho bom desses ser feito é necessário dinheiro, afinal, nenhum trabalhor comum poderia manter tanta dedicação e atenção, outras preocupações e atividades. Um dos motivos do nosso povo ser tão acomodado. Acredito que existem pessoas que querem mudar o mundo, e pessoas ricas também. Da mesma forma que vocês podem receber dinheiro de empresários, sabemos que nossos vereadores e prefeitos também recebem, e muito em suas campanhas, em troca sabe-se lá do quê, até mesmo Aldemir Almeida trabalha na construção civil, e quem sabe o que ele quer pra Ilhéus? A verdade é que nossa cidade não está as mil maravilhas e precisamos de mudanças, sejam melhores ou piores mudar é sempre bom, nos fazem enxergar e acordar para um mundo diferente, que evolui ganhando mais experiência com isso, desculpem-me, forte abraço!

  7. É legítimo e a bem de todos.
    A atuação do Instituto Nossa Ilhéus está induzindo democraticamente mudanças paradigmáticas ao comportamento e atuação dos nossos vereadores a frentes dos seus mandatos eletivos.
    É bem verdade, eles não estavam acostumados a uma audiência presencial tão ecleticamente grande e opinativa às galerias da Casa do Povo, que agora os assistem e interagem virtualmente através os recursos tecnológicos da Internet. Claro, não é uma Globo fabricando, promovendo ou beatificando “celebridades” para a sua claque, mas é o que dispomos. O nosso teatro circense do existencial onde se levam, às vezes, o patético; o dramático; o burlesco e ate o pornô jurídico policialesco que não culmina em fato, mas em efetivas soluções de profundo e convencional relativismo. “… Foi bom para você?…”.
    Queiram ou não, nossos vereadores são apenas e temporariamente, mercê do nosso insano voto, os legítimos arrendatários da Casa do Povo; mas que compreendam: não é um feudo por corveia. É apenas o circo da comuna onde tudo é teatralizado de forma convenientemente ensaiada; e nós, os eleitores, somos aqueles figurantes tolos que parvos, passam no picadeiro à frente das câmeras, obstruindo temporariamente das vistas da plateia, os garbosos “mocinhos” em suas performances pas-de-deux.
    Entendo que são meras bravatas; simulacros de intimidação; não acredito que se conclua em fato, as supostas ameaças proferidas em murmúrios velados ditos entre os dentes afiados dos nossos vereadores. Além do que, imagino, diria se bêbado, o anarquista Bakunin: Como conciliar duas coisas em aparência tão incompatíveis: enganadores e enganados, mentirosos e crentes? Logicamente, isso parece difícil; contudo, na vida prática como no teatro das existencialidades dos clamores sociais, essas qualidades se associam seguidamente na consensualidade da submissão de uns.
    Amigos do Instituto Nossa Ilhéus, em especial, minha amiga Maria do Socorro Mendonça: Não dê trelas às ameaças; isso não passa de blefes de patos. Vamos mudar o vivendi e o operandi instalados na singular política ilheense. Estamos com vocês!

  8. É um absurdo!!!! em pleno seculo XXI, no momento de consolidação da nossa frágil democracia. Eu tenho pena destes ditadorezinhos, pois Conheço o trabalho do INI, e isto não vai abalar e mudar em nada o trabalho lar desenvolvido.

    Quero também agradecer ao INI por ser meus olhos e de toda sociedade de Ilhéus, e depois deste fato vou participar mais ativamente das seções.
    INI conte comigo para divulgar os nomes
    deste parlamentar INCOMPETENTES.

  9. Quero parabenizar o Instituto Nossa Ilhéus (de Olho na Câmara) pelo excelente trabalho que vem desenvolvendo em prol do nosso Município. Socorro e Morgana – tenham certeza de que vocês têm e terão todo o nosso apoio. Nenhum vereador vai poder fazer nada contra tão excelente trabalho, até porque aquele que tentar, além de não mais se eleger ainda poderá ter seu nome replicado negativamente por todos nós em toda a mídia social e na imprensa séria da nossa região.

  10. Isso ainda vai acabar em morte, anote aí o que tô lhe falando, quando se mexe com quem tem poder ou quem busca poder, só pode acabar nisso. E Ilhéus ainda é uma cidade muito distante de algum centro de justiça, vocês mexem com pessoas da idade da pedra. O dinheiro fazem as pessoas entrarem em circunstâncias ou situações desesperadoras e/ou precipitadas. é só abrir o livro de história ou ler os jornais antigos.

  11. Evidente que, aqueles vereadores que se incomodam com a fiscalização da Imprensa e do povo, tiveram rabos presos com o governo anterior e e jogaram o lixo debaixo do tapete. Eles estão preocupados com a faxina.

  12. O site De olho na câmara de vereadores tem todo o meu apoio.
    O que é isso? Ameaça? Estamos numa ditadura? Quem anda direito deve querer ser fiscalizado.
    Democracia é também prestar contas.

  13. Bom dia a todos,

    Estamos muito felizes com o suporte de quase todos vocês, principalmente por saber que também fazemos parte deste grupo que tem a ansiedade de saber o que acontece no governo, o que é feito com o dinheiro público – nosso dinheiro, e que não se contenta em se indignar com isto.

    Quanto à pergunta de Roberto, em nosso site você consegue ter acesso a nossas informações. Apesar de não conseguirmos sempre manter o site 100% atualizado, as contas financeiras estão disponíveis: http://nossailheus.org.br/ver.php?n_id=649&u=plano_de_contas_financeiro_instituto_nossa_ilheus_regime_caixa/ – os balancetes restantes serão disponibilizados assim que os obtivermos com o contador.

    Nosso financiamento é privado e voluntário – e todos podem contribuir pra a continuação de nosso trabalho! Estamos abertos!

    Obrigada,

    Morgana Krieger
    Diretora Administrativo-Financeira
    Instituto Nossa Ilhéus

  14. Seria simples se os vereadores praticassem a transparência dos trabalhos do legislativo. Infelizmente vivemos em um país em que o tribunal de contas rejeita algumas contas e politicos as aprovam sem qualquer respaldo tecnico. Diante disso entendo o temor de alguns.

  15. Excelente iniciativa, parabéns a todos! Acho o avanço desse tipo de iniciativa extremamente positivo e, num momento histórico único, eficaz. Eficaz porque hoje, com a explosão do acesso à informação e da possibilidade de todos termos voz via redes sociais e blogs (como esse aqui), a eficácia de uma denúncia bem-sucedida contra vereadores ou seja quem for aumentou incomensuravelmente.
    Parabéns e espero que os vereadores se emendem uma vez que estão sendo vigiados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *