BLOG DO GUSMÃO

Menu

Siga-nos

POLO DE INFORMÁTICA: TRABALHADORES PODEM ENTRAR EM GREVE

Trabalhadores podem entrar em greve.
Nessa quinta-feira (17), funcionários e patrões voltarão a negociar.

No polo de informática de Ilhéus, os trabalhadores estão lutando pelo reajuste salarial de 2013.

Até o momento, o impasse entre funcionários e patrões é sobre o valor desse reajuste. O SINEC (Sindicato Patronal) apresentou propostas que não satisfizeram a expectativa da classe trabalhadora.

Segundo os trabalhadores, o SINEC chegou a oferecer 8,5% de reajuste aos funcionários que ganham até R$ 1.000,00; para os que ganham mais de R$ 1 mil, o aumento oferecido foi de 7%. Esses valores não agradaram os empregados do polo de informática.

Inicialmente, o reajuste pretendido pelos trabalhadores era de 15%, mas, eles abaixaram a meta para 12%. Desse percentual, 10% deve retroagir e ser somado aos salários desde 1º de setembro. Os outros 2% seriam acrescentados nos vencimentos a partir de 2014.

Empregadores e funcionários voltarão a negociar, numa reunião marcada para amanhã (quinta-feira, 17), às 14h, na sede do SINEC. Segundo os trabalhadores, caso não haja acordo, eles podem entrar em greve. 

WhatsApp
Facebook
Twitter
Email
Print

3 respostas

  1. Meus parabéns a nova diretória do {STIM} ILHEUS }pela campanha que vem desenvolvendo , sem intransigência aqui no polo de informatica de ilhéus.

  2. Antes de tudo devemos observar que as empresas aqui em Ilhéus estão acabando (indo embora já são 03 empresas) o que STIM e o órgão responsável fez para que isso não acontecesse?, o polo de informatica esta abandonado não sem iluminação e sem muitas coisas, o incentivo fiscal esta acabando e nada esta sendo feito. Ilhéus hoje só perde nunca ganha.
    Sabemos sim que precisamos nos valorizar, mais primeiro devemos ver que hoje quem tem seu emprego deve segurar pois ficando desempregado não tem mais onde correr sem opção de trabalho.
    Devemos primeiro brigar sim mais brigar por uma cidade onde venha desenvolvimento e não brigar e esquecer que hoje Ilhéus não cresce.

  3. Uma pena, os trabalhadores aderem a greve e depois são demitidos das empresas que trabalham, muitos ficam com medo, pois tem família e precisam do emprego. Sabemos que essas empresas vem para cá por causa dos incentivos fiscais e da mão-de-obra barata

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Newsletter

Fique Informado

Assine a newsletter e receba as notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.
É rápido. É fácil. É de graça.

Siga-nos
Mais lidas
outubro 2013
S T Q Q S S D
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031