PREFEITO DE UBAITABA PODE SER AFASTADO DO CARGO

Oposição "apertou" o "Super Beda".
Oposição “apertou” o “Super Beda”.

O Ministério Público Estadual acatou denúncia dos vereadores Sueli Carneiro (PR), Ismaile Mota (PTC) e Catarino Santos (PSDB) contra o prefeito de Ubaitaba, Asclepiades de Almeida Queiroz (“Beda” – PMDB). Procurador do MP, Geder Luiz Rocha Gomes ajuizou ação penal por ato de improbidade administrativa contra o mandatário. Ele é acusado de realizar despesas avaliadas em R$ 1.669.000,00 sem processos licitatórios.

Segundo especialista consultado por este blog, “Beda” pode ser multado e afastado temporariamente do cargo, “se sua defesa não conseguir descaracterizar as provas robustas apresentadas na denúncia”.

Os contratos da Prefeitura de Ubaitaba sob investigação envolvem vinte e três empresas. Como não têm foro privilegiado, os empresários responderão processo separado.

Conforme os vereadores, o prefeito foi citado no último dia 21 pela Primeira Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Bahia. “Beda” tem até o dia 6 de dezembro para apresentar defesa ao Desembargador Pedro Augusto Costa Guerra, relator do processo.

As acusações que pesam contra o prefeito “não param por aí”. Sueli, Ismaile e Catarino também vão denunciá-lo ao MP por crime contra as finanças públicas, descrito nas leis 10.028/2000 e 101/2000. A denúncia será apresentada na próxima semana. A oposição não dá vida fácil ao “Super Beda”.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *