SINEBAHIA ILHÉUS OFERECE 35 VAGA DE EMPREGO NESSA QUARTA

Confira abaixo as vagas disponíveis nessa quarta-feira (10), na agência do SineBahia Ilhéus, que fica na sala 13 do SAC, situado na Rua Eustáquio Bastos, 308, Centro.

Não esqueça de levar a carteira de trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e de chegar antes das 9.

Salgadeiro

  • Formação: Ensino Fundamental Completo

  • 6 meses de experiência

  • 1 Vaga

Serviços Gerais

(EXCLUSIVA PARA PCD)

  • Formação: Ensino Fundamental Completo

  • 3 meses de experiência

  • 3 Vagas

Cabeleireiro

  • 4 meses de experiência

  • 3 vagas

(mais…)

O JORNALISMO “SÉRIO” DA TV CABRÁLIA

Tom Ribeiro, apresentador do Balanço Geral.
Tom Ribeiro, apresentador do Balanço Geral.

O programa Balanço Geral, apresentado pelo radialista Tom Ribeiro na TV Cabrália, tem agora uma pauta fixa, por determinação dos bispos da Igreja Universal do Reino de Deus, que são donos da televisão e do PRB, partido do prefeito Vane (do qual ele tem pensado em sair). A ordem dos bispos é bater diariamente no PCdoB de Itabuna, que faz parte do governo e da base aliada do prefeito.

Do seu microfone, Tom Ribeiro grita para o prefeito e faz exigências em meio a críticas aos comunistas, que comandam a Secretaria Municipal da Saúde e a Câmara de Vereadores de Itabuna.

O Balanço Geral coloca saúde e legislativo no mesmo saco e desce o malho, em um discurso panfletário, parcial e cheio de “boas intenções”, disfarçado de jornalismo sério e isento. Para quem acredita em tal seriedade, advirta-se, à moda Cumpade Washington: “sabe de nada, inocente!”.

Que a situação da saúde de Itabuna é calamitosa, não há dúvida. Mas as dificuldades têm origem conhecida, que começam com o subfinanciamento do SUS (questão nacional) e se agravam significativamente no que se refere aos recursos transferidos pelo Estado. Os repasses chegam a menos desde novembro de 2013, fato reconhecido pela Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab), que lamentavelmente alega não ter como pagar a dívida e corrigir os valores transferidos.

Pode-se e deve-se cobrar responsabilidades da gestão local, pois ninguém entrou nesse jogo sem conhecer as regras. Mas a verborragia desequilibrada e bandeirosa do Balanço Geral está longe de ser uma abordagem responsável e coerente do problema. Coisa de quem está pouco preocupado com saúde e muito interessado em politicagem.

Quando mistura saúde com Câmara de Vereadores em um balaio de gatos que confunde o respeitável público, Tom Ribeiro esconde o verdadeiro objetivo de sua ladainha. Ela não tem nada a ver nem com saúde nem com uma suposta intenção de defender um legislativo mais atuante.

A intenção, óbvia, é atingir o PCdoB para que o PRB amplie o espaço no governo Vane. Ou seja, nada mais que interesse mesquinho e rasteiro, sob a capa de jornalismo sério.

TEATRO POPULAR DE ILHÉUS ENCERRA OCUPAÇÃO DO TCA

Imagem da peça "Medida por Medida"/Zélia Uchôa.
Imagem da peça “Medida por Medida”/Zélia Uchôa.

A temporada do novo espetáculo do Teatro Popular de Ilhéus (TPI) marca o encerramento do projeto “Shakespeare –Teatro Popular em Construção”, que integra o TCA.NÚCLEO 2014, edital promovido pelo Teatro Castro Alves com apoio da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb) e da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (Secult-Ba).

O grupo ilheense foi o primeiro colocado na 20ª edição do Edital TCA.NÚCLEO. Com o projeto “Shakespeare – Teatro Popular em Construção”, a companhia ocupou o Complexo TCA e promoveu um intercâmbio com o grupo Clowns de Shakespeare, do Rio Grande do Norte. A programação contou com apresentações de espetáculos, seminários, oficinas, além da estreia da nova montagem “Medida Por Medida”.

MEDIDA POR MEDIDA – Quando se ausenta de Viena, o Duque deixa o poder nas mãos de Ângelo, um rigoroso juiz que faz cumprir à risca as leis contra a fornicação. A aplicação obstinada da lei resulta separa dois inocentes. Por não seguirem os trâmites legais ao casar-se, a gravidez de Julieta rende a Cláudio uma condenação à morte.

CENTRO E BAIRROS DE ILHÉUS PODEM FICAR SEM ÁGUA

Falta de energia paralisou sistema de captação e tratamento de água da Barragem do Iguape.
Falta de energia paralisou captação e tratamento da água.

Em nota encaminhada à imprensa, a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) informou que problemas de falta de energia na captação da Barragem do Iguape, em Ilhéus, afetam hoje (9) a operação das estações de tratamento de água do Distrito e do Centro.

A equipe de manutenção da Embasa já está no local. O problema deve ser resolvido na tarde de hoje, quando os sistemas começarão a ser gradativamente regularizados. O serviço estará normalizado em até 24 horas.

A Embasa listou os bairros que podem ficar sem água, além do Centro:  Iguape, Savóia, Barra, Malhado, Alto Nerival, Alto Soledade, São Miguel e São Domingos, Conquista, Pacheco, Oiteiro São Sebastião, Avenida Esperança, Avenida Princesa Isabel, Alto do Amparo, Alto da Legião, Alto do Coqueiro, Banco da Vitória, Vila Cachoeira e Salobrinho.

GOVERNO JABES QUER VOTAÇÃO DO IPTU NESSA TARDE

Bancada do governo tem pressa e pode atropelar tramites legais para aprovar o projeto.
Bancada do governo tem pressa e pode atropelar tramites legais para aprovar o projeto.

Matéria publicada ontem (8) no site oficial da Prefeitura de Ilhéus não deixa dúvidas sobre os planos em relação ao projeto de lei do novo IPTU. O governo Jabes Ribeiro quer a aprovação do texto na sessão legislativa dessa terça-feira, 9.

Segundo a nota oficial, “o parecer da comissão de finanças de Ilhéus, que relata as emendas da bancada de governo ao novo Código Tributário do Município, deve ser votado nesta terça-feira, dia 9”.

Presidente da comissão de finanças da Câmara e aliado do prefeito Jabes Ribeiro (PP), o vereador James Costa também afirmou que as emendas serão votadas nessa tarde e depois “o projeto de lei deve entrar na pauta da ordem do dia”.

Apesar da pressa do governo e aliados, a Defensoria Pública recomendou a suspensão da votação – confira aqui, enquanto a OAB afirmou que o projeto é inconstitucional – leia aqui.

Moradores de Ilhéus marcaram um protesto contra o projeto. Eles pretendem ocupar a galeria da Câmara nessa tarde. A sessão começará às 15:30h.

ALEMANHA: CARTILHA INFANTIL EXPLICA HOMOSSEXUALIDADE

Clique em "leia mais" para ver a continuação.
Clique em “leia mais” para ver a continuação.

Uma revista alemã criou histórias em quadrinhos para debater a homossexualidade nas escolas. Outros países já importaram a abordagem didática.

O Brasil tentou implementar iniciativa parecida em 2013, mas, a pressão de setores conservadores, como a bancada evangélica, estimulou a rejeição popular contra a cartilha. A onda organizada de homofobia foi tão grande que o material acabou conhecido como o “kit gay”.

Ao contrário do que muitos pregam, cartilhas como a que segue abaixo não “induzem” crianças a “virar homossexuais”, com o plano secreto de implantar uma “ditadura gay” no país. O propósito do material didático é informar para combater os preconceitos que o discursos homofóbicos reproduzem.

Confira o trecho de uma das historinhas. A tradução é do site Pragmatismo Político.

(mais…)

PROJETO DO NOVO IPTU DE ILHÉUS É INCONSTITUCIONAL, DIZ OAB

Presidente da OAB em Ilhéus afirma que projeto viola princípios constitucionais. Manifestantes marcaram protesto para essa tarde.
OAB afirma que projeto viola princípios constitucionais. Manifestantes marcaram protesto para essa tarde.

Presidente da subseção da Ordem dos Advogados do Brasil em Ilhéus, Marcos Flávio Rhem afirmou que a entidade vai ajuizar uma Ação Direta de Inconstitucionalidade, se a Câmara de Vereadores de Ilhéus aprovar os projetos de lei que pretendem atualizar o código tributário e a planta genérica de valores do município.

Perguntamos ontem (8) ao advogado o que há de inconstitucional na proposta da Prefeitura de Ilhéus. Segundo Rhem, o texto viola os princípios da “publicidade, capacidade contributiva, proporcionalidade e igualdade”. Além disso, falta clareza nos critérios adotados para a reavaliação dos valores.

Na última sessão (quarta-feira, 4), o vereador Alisson Mendonça (PT) afirmou que não há tempo hábil nesse ano para o Legislativo cumprir seu papel na avaliação de questões tão importantes para o município. Em conversa com nossa equipe, o parlamentar explicou que antes de votar o novo código tributário, a Câmara precisa aprofundar e socializar o debate.

Ontem a Defensoria Pública recomendou ao presidente da Câmara, vereador Josevaldo Machado (PCdoB), a suspensão da votação do novo código – confira aqui.

Moradores de Ilhéus prometem ocupar a galeria da Câmara na sessão dessa tarde, a partir das 15:30h. Eles querem pressionar a bancada governista, pois temem que os vereadores aliados ao prefeito Jabes Ribeiro (PP) aprovem o novo código tributário, apesar das diversas análises contrárias.

VOTAÇÃO DO NOVO IPTU DE ILHÉUS DEVE SER SUSPENSA, RECOMENDA DEFENSORIA

Josevaldo Machado. Imagem: Blog Agravo.
Josevaldo Machado. Imagem: Blog Agravo.

A pedido do Grupo Operativo, a Defensoria Pública recomendou ao presidente da Câmara de Vereadores de Ilhéus, Josevaldo Machado (PCdoB), a suspensão da sessão em que o Legislativo pretende votar o projeto de lei do novo código tributário e o da atualização do IPTU. O governo Jabes Ribeiro apresentou os dois projetos aos vereadores há menos de um mês.

Além da suspensão, a Defensora Pública Cristiane da Silva Barreto Nogueira recomendou a elaboração de parecer jurídico por comissão ou especialista na área tributária “com vistas a subsidiar, com a devida vênia, o Poder Legislativo Municipal, haja vista a especificidade da matéria”.

Conforme a Defensoria, ao acatar a recomendação, a Presidência da Câmara contribuirá para o “Estado democrático de direito e a preservação da ordem jurídica”. 

Clique aqui para acessar a recomendação.

SERVIDORES DE ITABUNA PARALISAM ATIVIDADES

Wilmaci.
Wilmaci.

A Prefeitura de Itabuna tem atrasado o pagamento dos salários. Insatisfeitos, os servidores paralisaram suas atividades ontem, 8. 

Conversamos hoje via Facebook com a presidente do Sindicato dos Servidores Municipais (Sindserv), Wilmaci Oliveira. Ela afirmou que o governo não deu uma resposta concreta aos servidores sobre o problema. “Diante disso, segue a paralisação.”

O sindicato aguarda um posicionamento oficial do governo Vane.