BLOG DO GUSMÃO

Menu

Siga-nos

O “FORA TEMER” EM ILHÉUS

Imagem do ato realizado ontem à tarde, em frente ao Cine Teatro Ilhéos.
Imagem do ato realizado ontem à tarde, em frente ao Cine Teatro Ilhéos.

A maior parte das pessoas que assistiram ontem (7) uma apresentação de capoeira na praça do Cine Teatro Ilhéos já havia deixado o local quando a Catharina Pena iniciou sua interpretação dramática. A cena, em que a jovem atriz interpretou a “Democracia Apunhalada”, deu início ao protesto contra o presidente Michel Temer (PMDB) em Ilhéus.

Catharina Pena interpreta a Democracia Apunhalada.
Catharina Pena interpreta a Democracia Apunhalada.

Com um boné da Central Única dos Trabalhadores e a bandeira do Brasil estampada na camisa, a servidora da UESC Marisa Reis expôs num pequeno cartaz a palavra “respeito” enquanto discursou na praça transformada em ágora. Segundo ela, o governo atual não tem legitimidade, mas vai defender o retrocesso dos direitos sociais, o que ameaça trabalhadores do setor público e da iniciativa privada.

Mariza Reis pede "respeito" aos direitos conquistados pelos trabalhadores.
Mariza Reis pede “respeito” aos direitos conquistados pelos trabalhadores.

Em breves intervenções com voz e violão, Felipe Hora cantou músicas como Cowboy fora da lei e Que país é este?. A cantoria intercalou os gritos de “Fora Temer!” na tarde ensolarada.

O estudante de história Marcos Carvalho, membro do Levante Popular da Juventude, leu um poema de Vladimir Maiakovski. Também destacou a importância de encarar os atos públicos como elementos de mobilização da “força social”.

Advogado e estudante de Línguas Estrangeiras Aplicadas às Negociações Internacionais, João Lins chamou a atenção para o impeachment no Brasil como um passo largo do processo de ascensão da direita na América Latina. Citou como exemplos as quedas do ex-presidente do Paraguai, Fernando Lugo, e do hondurenho Manuel Zelaya.

O professor de história Gabriel Bio também recorreu à arte para se manifestar. Adaptou trechos do poema O analfabeto político, de Bertold Brecht. Formando aspas no ar num gesto com os dedos, ironizou a interpretação segundo a qual os manifestantes que foram às ruas a favor do impeachment são “analfabetos políticos”. Segundo ele, aquelas pessoas não têm nada de analfabetismo político, sabem  por que foram às ruas e reconhecem a classe social que integram.

Gabriel Bio e Shi Mário.
Gabriel Bio e Shi Mário. Imagens: Thiago Dias/Blog do Gusmão.

O servidor municipal e candidato a vereador de Ilhéus pelo PSOL/Raiz Cidadanista, Shi Mário, enumerou os projetos de lei que ameaçam a manutenção dos investimentos públicos e outras pautas do governo Temer. Também fez um apelo. Ao propor que o segundo ato seja realizado na tarde de sábado (10), pediu que cada um dos presentes se esforçasse para levar pelo menos mais uma pessoa consigo ao próximo encontro.

Quando pedimos que avaliasse a manifestação, Mário lembrou que um atraso de quase duas horas, por causa da roda de capoeira, levou alguns manifestantes a trocar o “Fora Temer” pela praia da Avenida Soares Lopes.

A caixa de som também não funcionou, problema que limitou o alcance das vozes contra “o golpe”.

Depois do ato, enquanto ainda conversava com o Blog do Gusmão e um amigo, Mário citou uma passagem do espetáculo Essa tal Democracia, do músico Cabeça Isidoro. No musical, entre outros arquétipos da política contemporânea, o artista ironiza o tipo de manifestante que limita suas ações ao palco do Facebook.

A propósito, a página ilheense do “Fora Temer” nessa rede social tem 326 membros. Dez por cento deles participaram do ato no feriado da independência.

WhatsApp
Facebook
Twitter
Email
Print

Uma resposta

  1. putz os caras organizam protesto e nao levam nem caixa de som decente…. esse é o nivel da esquerda ilheense…. cade o apoio do partidinho político agora? ? ?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Newsletter

Fique Informado

Assine a newsletter e receba as notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.
É rápido. É fácil. É de graça.

Siga-nos
Mais lidas
setembro 2016
S T Q Q S S D
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930