BLOG DO GUSMÃO

Menu

Siga-nos

RODOVIÁRIOS DE ILHÉUS EXIGEM PROIBIÇÃO DE ÔNIBUS SEM COBRADOR

Segundo Sindrod, proibição geraria 66 empregos diretos.

Na tarde dessa quarta-feira (29), a presença de um grupo de rodoviários quebrou o marasmo habitual da Câmara de Vereadores de Ilhéus. A pauta da sessão interessava à categoria, que reivindica o fim do uso de ônibus sem cobradores no sistema de transporte coletivo do município. Uma emenda destinada a garantir a proibição deveria ter sido votada ontem, mas, faltou quórum, conforme nos explicou Gustavo Santana, presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviário de Ilhéus (Sindrod), com quem conversamos hoje por telefone.

Segundo o líder sindical, em 2011 o município autorizou as concessionárias Viametro e São Miguel a utilizarem 32 dos 120 ônibus das suas frotas sem cobradores. A emenda modificativa que não foi votada tem o objetivo de derrubar essa autorização.

A Câmara de Vereadores  de Ilhéus tem dezenove cadeiras. Ontem, segundo Gustavo Santana, apenas dez estavam ocupadas. A votação da emenda exigia a presença de mais três edis. “De uma hora pra outra, os vereadores não apareceram, sumiram”, disse. Para os rodoviários, os vereadores faltaram para evitar a pauta da categoria.

O presidente do Sindrod explica que a proibição dos ônibus sem cobradores abriria cerca de 66 vagas de emprego, pois a conta dos 32 veículos deve considerar o número de trabalhadores necessários para cobrir dois turnos, “mais o folguista e o ferista”. Segundo a estimativa de Santana, em um ano, a soma dos salários desses trabalhadores chegaria a “quase um milhão [de reais] circulando em Ilhéus”.

WhatsApp
Facebook
Twitter
Email
Print

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Newsletter

Fique Informado

Assine a newsletter e receba as notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.
É rápido. É fácil. É de graça.

Siga-nos
Mais lidas
novembro 2017
S T Q Q S S D
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930