BLOG DO GUSMÃO

Menu

Siga-nos

ELISABETH ZORGETZ: NOME FEMININO PARA NOVA PONTE SOARIA “IRÔNICO”

A historiadora Elisabeth Zorgetz.

O vice-prefeito José Nazal (Rede Sustentabilidade) gosta de usar a expressão “Dona Ponte” para se referir ao novo elo em construção em Ilhéus. O apelido da obra ressaltou o feminino do substantivo ponte.

A brincadeira levou o Blog do Gusmão a sugerir, num comentário recente, que a ponte recebesse um nome de mulher – veja aqui.

Ontem (22), numa conversa via Facebook, solicitamos que a historiadora Elisabeth Zorgetz emitisse opinião sobre a possibilidade da ponte receber o nome de uma mulher, considerando sobretudo o aspecto simbólico dessa escolha.

A ideia não a empolgou. Segundo ela, numa sociedade como a ilheense, em que as mulheres têm tanta representatividade política como em “estados restritivos e teocráticos”, a escolha do nome feminino para a ponte “seria um pouco irônico”. Confira a resposta na íntegra.

“Bem, muito honestamente, não vejo com simpatia que mesmo no campo simbólico, a ponte leve o nome de uma mulher. Primeiro, porque não consigo encontrar uma relação mais estreita, que faça muito sentido. Em segundo lugar, pensando em como a dinâmica da mobilidade urbana, política e sociedade funcionam em Ilhéus, seria um pouco irônico, inclusive. Ilhéus figura entre cidades no mundo com baixíssima participação de mulheres em decisões sobre a comunidade e a cidade, perdendo proporcionalmente para estados restritivos e teocráticos. No campo do trabalho, a sujeição é gritante. A ponte pode ter um efeito positivo sobre a vida urbana, mas não há muito motivo de comemoração para as ilheenses. Mas se eu pudesse escolher um nome de mulher para ela, seria Carolaine Menezes, uma jovem ciclista atropelada e morta por um caminhão enquanto ia trabalhar. Espero que a ponte e o novo planejamento de mobilidade possam honrá-la de alguma forma”.

WhatsApp
Facebook
Twitter
Email
Print

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Newsletter

Fique Informado

Assine a newsletter e receba as notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.
É rápido. É fácil. É de graça.

Siga-nos
Mais lidas