EMBASA RESPONDE RECLAMAÇÃO SOBRE DESPERDÍCIO DE ÁGUA

A Embasa enviou hoje (20) ao Blog do Gusmão resposta para a queixa sobre o desperdício de água feita por duas moradores de Ilhéus – lembre aqui.

Conforme a explicação da concessionária, após a entrega da água ao consumidor, a responsabilidade de zelar contra o desperdício é dele, não da fornecedora. No entanto, a Embasa destacou que promove campanhas de conscientização sobre a importância da conservação desse recurso natural. Leia a íntegra.

“Em atenção às reclamações da matéria intitulada “Moradoras reclamam de desperdício de água em Ilhéus”, veiculada ontem (19), a Embasa informa que, mesmo sendo de inteira responsabilidade do usuário a utilização da água após o hidrômetro, a empresa adota medidas para coibir a prática do desperdício. Além de campanhas em diversos meios de comunicação, a empresa realiza atividades socioeducativas nos municípios onde atua, visando não somente alertar para o desperdício, como também para a necessidade de uso adequado das redes de abastecimento de água e de esgotamento sanitário. Ano passado em Ilhéus, a Embasa fez, entre outras atividades, mutirão contra o desperdício de água em bares e restaurantes do centro, dia 23 de março; realizou ações educativas no Instituto Municipal de Ensino Eusínio Lavigne (IMEE); Colégio da Polícia Militar (CPM); Centro Estadual de Educação Profissional em Logística, Transporte e Produção Industrial (CEEP) e Colégio Estadual do Basílio e fez formação de multiplicadores em educação ambiental com agentes comunitários de saúde. 

O trabalho de combate às fraudes também é realizado cotidianamente pela Embasa, uma vez que o consumo clandestino de água contribui para o desperdício. Em 2017, foram regularizadas 340 ligações clandestinas e confirmados 110 casos de “gato”. 9.614 ligações inativas revisadas (com fornecimento de água suspenso por falta de pagamento e sem pedido formal de religação), 1.949 (ou 20%) estavam indevidamente religadas pelo usuário.

Além disso, a Embasa mantém, desde 2016, hotsite com dicas de economia: www.eueconomizoagua.com.br.

De acordo com o artigo 12 do Decreto 3.060, de 1994, compete à Embasa manter, executar, reparar e modificar as instalações dos serviços públicos de água e esgoto externos aos imóveis até o limite do hidrômetro e/ou ramal predial”.



One response to “EMBASA RESPONDE RECLAMAÇÃO SOBRE DESPERDÍCIO DE ÁGUA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *