TODAS AS PRAIAS DE ILHÉUS ESTÃO PRÓPRIAS PARA O BANHO, DIZ INEMA

Praia do Cristo.

O Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia (Inema) informa que todas as praias de Ilhéus estão próprias para o banho de mar. A informação se baseia no estudo de balneabilidade publicado no site do instituto no último dia 23.

O diagnóstico de balneabilidade é obtido por meio do recolhimento de amostras. O último resultado foi um evento raro, já que algumas praias de Ilhéus têm problemas crônicos, a exemplo da praia do Marciano, no bairro Malhado.

CONTRATO AUTORIZA ATENDIMENTO DE CRIANÇAS VIA SUS NO HOSPITAL DE ILHÉUS

Prefeito Mário Alexandre assinou oficializou convênio nesta sexta-feira (2). Imagem: Secom-Ilhéus.

O prefeito Mário Alexandre (PSD) assinou hoje (2) o contrato que autoriza o atendimento de crianças no Hospital de Ilhéus por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). Orçado em cinco milhões por ano, o convênio é fruto de uma parceria entre o município e o Governo do Estado.

“Quando assumimos, herdamos uma rede básica destruída”, lembrou o prefeito durante o ato. “São investimentos na ordem de R$ 15 milhões para auxiliar a reestruturação da saúde do município, que beneficiarão desde o Atendimento Básico à reforma do Hospital Geral, e isso graças ao compromisso firmado pelo governador Rui Costa [PT]”,  destacou.

Também enfatizou que estruturar os serviços de saúde de Ilhéus não é o tipo de desafio que se supera de uma hora para outra. “Claro que não conseguiremos resolver tudo em apenas um ano de gestão. Afinal, são problemas acumulados ao longo de 30 anos. Aos pessimistas, vamos responder com trabalho, nos empenhando para dar mais qualidade e volume no atendimento à população”, concluiu Mário Alexandre.

O ato também contou com a presença do vice-prefeito José Nazal (REDE), da deputada estadual Ângela Sousa (PSD), dos vereadores Gil Gomes (PV), Pastor Matos (PSD), Nerival (PC do B), Paulo Carqueja (PSD) e Juarez Barbosa (MDB), além de secretários municipais.

PARA GRUPO, MP DEVE APURAR USO DO DINHEIRO DE ILHÉUS EM ATOS EVANGÉLICOS

O ex-vice-prefeito José Henrique Abobreira, os atores Ruy Penalva e Ednilton Paixão e a comunicóloga Tacila Mendes solicitaram que o Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) investigue a destinação de recursos do município de Ilhéus para atos cristãos.

Para o grupo, o uso de recursos públicos em eventos de uma mesma religião não condiz com a laicidade do Estado, porque prioriza uma tradição em detrimento de outras.

Segundo os dados que apresentaram, o orçamento de Ilhéus para este ano prevê: R$ 30.000,00 para o “Dia Municipal dos Jovens Adventistas”, R$ 100.000,00 para a “cultura evangélica”,  R$ 10.000.00 para a “Semana da Bíblia” e R$ 80.000,00 para a “Marcha para Jesus”.

O texto cita uma decisão do Tribunal de Justiça do Mato Grosso do Sul, que proibiu o município de Cassilândia de destinar sessenta mil reais à “6ª Marcha para Jesus” e classificou o patrocínio como inconstitucional.

Comentário do Blog do Gusmão.

Nos parece oportuno perguntar: pode o estado laico patrocinar festejos das tradições religiosas de matriz africana, como a Festa de Iemanjá, que recebe apoio anual do município de Ilhéus? E os atos realizados com o apoio de recursos públicos nos terreiros de candomblé, há nisso violação da laicidade ou incentivo à cultura? O Carnaval merece dinheiro dos cofres do povo ou essa seria uma forma de privilégio ao deus Dionísio?

Quase trinta por cento da população de Ilhéus frequenta igrejas evangélicas, que têm representantes na Câmara de Vereadores, onde o orçamento do município é debatido. Essa presença explica e, em certo limite, justifica a destinação de parte dos recursos da cultura para atos evangélicos abertos a todo o público.

Acreditamos que o argumento dos autores da solicitação ao MP seria mais robusto se mencionasse quanto o orçamento destinou aos eventos ligados a outras religiões, se é que isso ocorreu. Comparar a distribuição desses recursos seria uma forma de demonstrar a sua eventual desproporcionalidade.

O caráter laico do Estado, por si só, não proíbe o investimento de recursos públicos em atos culturais de cunho religioso. O que viola o laicismo é a manutenção de privilégios para uma ou outra religião. Os críticos que buscaram o MP fariam muito bem à cultura popular se apoiassem um projeto de resgate do Terreiro de Odé, no bairro Basílio, como um espaço cultural. Aproveitamos para garantir a colaboração deste blog na empreitada, porque sabemos que ela teria o axé de Pai Pedro.

SÃO MIGUEL VAI DISPONIBILIZAR ÔNIBUS NOVOS NA TERÇA

Imagem: Secom-Ilhéus.

A informação é de Josemir Dias Sobrinho, representante da empresa São Miguel em Ilhéus. Os dez novos ônibus exigidos para o aumento da tarifa chegaram à garagem da concessionária.

Os ônibus recebem os últimos ajustes para integrar o sistema coletivo de transporte. “Faltam apenas algumas medidas burocráticas, como instalar o equipamento de bilhetagem eletrônica e o GPS, um Sistema de Posicionamento Global, que identifica a localização do carro, controla horário e assegura, em tempo real, o cumprimento da linha”, explicou Josemir.

SINEBAHIA ITABUNA TEM 22 OPORTUNIDADES DE TRABALHO

Confira abaixo as oportunidades de emprego do Sinebahia Itabuna. As vagas ficarão disponíveis na segunda-feira (5).

A agência funciona no Shopping Jequitibá. Não esqueça de levar o número do PIS, PASEP ou NIS, Carteira de Trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e certificado de escolaridade.

OPERADOR DE TELEMARKETING (PCD)

Exclusivo para pessoas com deficiência

Ensino Médio Completo

Não necessita experiência

10 VAGAS

SUPERVISOR DE TELEMARKETING (PCD)

Exclusivo para pessoas com deficiência

Ensino Superior Incompleto

Experiência em gestão de pessoas

5 VAGAS

LAVADOR DE CARROS (PCD)

Exclusivo para pessoas com deficiência

Ensino Médio Completo

Não necessita experiência

1 VAGA

(mais…)

“OUTRA HISTÓRIA DE FRANCISCO” ESTREIA TURNÊ NORDESTINA EM ILHÉUS

Palco da “Tenda” recebe espetáculo infantil nesse domingo (4). Imagem: Marília Arruda.

O Grupo Artpalco vai estrear em Ilhéus a turnê nordestina da peça infantil “Outra História de Francisco”. A apresentação está marcada para as 18 horas desse domingo (4), na Tenda Teatro Popular de Ilhéus, localizada na Avenida Soares Lopes.

Com uma trupe de palhaços, o espetáculo conta uma versão lúdica e engraçada da infância de São Francisco de Assis. O pequeno Francisco e seus amigos recebem uma missão muito importante: proteger os animais. A história passeia pela cultura popular e leva ao palco o Bumba Meu Boi, o Homem da Cobra e outros personagens do imaginário brasileiro.

O ingresso a preço inteiro custa dez reais, e a meia entrada, R$5. Parte da lotação é destinada a crianças carentes que nunca foram ao teatro.

Nascido em Minas Gerais, hoje o Grupo Artpalco reside no estado do Tocantins. A turnê tem o patrocínio da rede Atacadão Supermercados por meio da Lei Rouanet.

ILHÉUS TEM OFICINAS GRATUITAS DE MÚSICA

O Encontro de Compositores do Litoral Sul da Bahia está com inscrições abertas para as suas oficinas gratuitas de composição musical.

São oitenta vagas para quatro turmas. Para a inscrição, é necessário ter pelo menos 12 anos de idade. Os estudantes das escolas públicas têm prioridade no preenchimento dos grupos. Inscreva-se no site do projeto.

Os músicos Danilo Nascimento e Lula Soares Lopes vão conduzir as atividades de criação. A primeira turma vai se reunir entre os dias 5 e 7 de março. O segundo grupo participará em abril (de 10 a 12/04), o terceiro, em maio (de 6 a 10/05) e o quarto, em junho, nos dias 12, 13 e 14.

Cada turma vai se apresentar numa das quatros noites do Encontro de Compositores, na Tenda Teatro Popular de Ilhéus. Confira a programação do evento aqui.

JUÍZES FEDERAIS VÃO À LUTA POR AUXÍLIO-MORADIA

STF vai julgar legalidade do benefício no dia 22 de março.

No dia 15 de março, uma quinta-feira, juízes federais de todo o país vão cruzar os braços em protesto contra a possível revisão de benefícios como o auxílio-moradia.

A Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) argumenta que a tentativa de revisão dos benefícios é um forma de “punir a Justiça Federal” devido à Operação Lava Jato.

Juízes federais envolvidos nos processos decorrentes da operação, como Sérgio Moro e Marcelo Bretas, estão entre os magistrados que têm imóveis nas cidades onde trabalham e, apesar disso, recebem auxílio-moradia.

Levantamento da ONG Contas Abertas indica que os estados e a União gastaram aproximadamente cinco bilhões de reais em auxílio-moradia, no intervalo entre setembro de 2014 e dezembro de 2017. Esse montante beneficia o universo de 30 mil pessoas, entre magistrados e promotores de Justiça. No dia 22 de março o Supremo Tribunal Federal vai julgar a legalidade do benefício.