PF PRENDE AMIGOS DE TEMER, EX-MINISTRO E EMPRESÁRIO

José Yunes e Michel Temer.

Na manhã desta quinta-feira (28), a Polícia Federal prendeu o advogado José Yunes e João Batista Lima, ex-coronel da Polícia Militar de São Paulo. Ambos são amigos do presidente Michel Temer (MDB). Yunes já foi assessor especial do mandatário.

As prisões são medidas da Operação Skala, que investiga se o presidente beneficiou empresas do setor portuário por meio de um decreto.

A operação também prendeu hoje o empresário Antônio Celso Greco, dono da empresa Rodrimar, que administra o Porto de Santos, além do ex-ministro e ex-deputado Wagner Rossi, que já presidiu a Companhia das Docas do Estado de São Paulo (Codesp). Um auxiliar de Rossi, Milton Ortolan, também foi preso.

O ministro Luís Roberto Barroso, responsável pelo caso no Supremo Tribunal Federal, autorizou a ação desta quinta.

Yunes seria o administrador de um suposto esquema de propinas para o presidente. Ele nega.

O advogado de José Yunes, José Luis de Oliveira Lima, disse que a prisão temporária do seu cliente é “uma violência” “inaceitável” e “ilegal”. De acordo com Lima, Yunes sempre colaborou com as investigações.

Com informações do Blog da Andréia Sadi.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *