CRISE HÍDRICA: GOVERNADOR RUI COSTA ESTÁ DESPREPARADO PARA RESOLVER O PROBLEMA

Rui ressaltou obras de abastecimento de água, mas não disse nada sobre a conservação dos mananciais. Imagens: Youtube e Google.

Ao responder uma pergunta do jornalista Levi Vasconcelos sobre a escassez de água pela Bahia afora, durante o debate promovido pela Band na noite de ontem, o governador Rui Costa (PT), candidato à reeleição, demonstrou desconhecimento sobre o tema.

Levi construiu a indagação de maneira diferenciada. Não usou lugares comuns e mencionou a importância da conservação das nascentes e do combate ao desmatamento.

O candidato do PT repisou as costumeiras receitas da engenharia civil: construção de barragens, adutoras e confluência de sistemas de captação, ações importantes para a distribuição e armazenamento de água, mas que passam ao largo de um tema crucial, como garantir o volume necessário nos períodos de estiagem.

Rui culpou São Pedro pela falta de chuvas e o governo federal do ex-aliado Michel Temer. Como em todos os temas delicados, alegou que é um problema nacional e prometeu criar programas ambientais com esse foco a partir do segundo mandato, caso seja eleito.

Governar é difícil e gestores não fazem milagres. Recursos escassos e demandas crescentes exigem inteligência, honestidade e planejamento. Contudo, percebe-se que o governador é insensível às questões ambientais e pode estar mal assessorado.

Rui é formado em economia pela UFBA. Alguém precisa alertá-lo que a escassez de água pode impactar fortemente a tão frágil economia baiana.

Seria interessante que na resposta a Levi ele mencionasse: conservação das áreas de preservação permanente (principalmente matas ciliares e nascentes) das bacias hidrográficas como medida mínima para garantir a capacidade de recarga dos mananciais; saneamento básico para evitar a poluição de corpos hídricos; programas de recuperação de bacias hidrográficas que enfatizem o uso correto do solo; pagamento por serviços ambientais a pequenos produtores que conservam áreas de preservação permanente dentro de suas propriedades; aperfeiçoamento dos sistemas de irrigação com uso racional da água (gotejamento controlado ao invés de dispersão); fortalecimento do Inema (órgão de fiscalização estadual) além de outras ações básicas para quem tem conhecimento mínimo da questão.

Nos debates os candidatos lidam com o tempo restrito. Esperamos que nos próximos o governador incorpore realidade e conhecimento mínimo no seu arco de intenções.

Sobre esse tema, ele precisa melhorar muito o discurso.

Você pode ver a pergunta de Levi e o fraco desempenho do governador (nesta questão) no vídeo abaixo, a partir de 1:16:23.

UBAITABA CRIA MAIS PONTOS DE VACINAÇÃO CONTRA PÓLIO E SARAMPO

A Secretaria de Saúde de Ubaitaba realiza neste sábado, 18, o Dia D da Campanha Nacional de Vacinação Contra a Poliomielite e o Sarampo. As Unidades de Saúde da Família dos bairros  Ruinha, Maria Olímpia e Armandão, do centro da cidade e do Distrito de Faisqueira vão funcionar das 8 às 17 horas. Os pais devem levar as crianças e o cartão de vacinação.

Para reforçar, a vacinação de crianças maiores de um ano e menores de cinco anos de idade, a Secretaria de Saúde instalou posto especial na Escola Municipal Dalila Vasconcelos, na Rua Edno Magalhães, bairro da Conceição.

A poliomielite e o sarampo são doenças de notificação compulsória e o Brasil tem compromissos internacionais para erradicar e eliminar estas duas doenças. Visando evitar a reintrodução do vírus selvagem da poliomielite, bem como a circulação do vírus do sarampo na Bahia, uma das estratégias é ampliar as coberturas vacinais contra essas doenças.

A meta é vacinar 98% das crianças de acordo com a enfermeira Érika Rejane Lopes Araújo, coordenadora da Diretoria de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde de Ubaitaba. Desde o início da semana que equipes volantes estão vacinando crianças na zona rural. Esta ação vai prosseguir até o dia 31, inclusive nas Unidades de Saúde da Família do município.

SINEBAHIA ITABUNA OFERECE 25 OPORTUNIDADES DE TRABALHO

Confira abaixo as oportunidades de emprego do Sinebahia Itabuna. As vagas estarão disponíveis na  próxima segunda-feira, 20.

A agência funciona no Shopping Jequitibá. Não esqueça de levar o número do PIS, PASEP ou NIS, Carteira de Trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e certificado de escolaridade.

Vagas exclusivas para Itabuna.

OPERADOR TELEMARKETING (PCD)

Exclusivo Para Pessoas Com Deficiência

Ensino Médio Completo

Não exige experiência

10 VAGAS 

AUXILIAR FINANCEIRO

Superior Completo em Administração, Contábeis ou Economia

Experiência mínima de 6 meses na carteira

Experiência em conciliação bancária, baixa de título, cobrança e demais rotinas de contas a receber

1 VAGA 

VENDEDOR PRACISTA

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses com vendas

2 VAGAS 

(mais…)

MP ELEITORAL QUER IMPEDIR CRÍTICAS E ELOGIOS AOS CANDIDATOS NO RÁDIO E NA TV

Nada de elogios e críticas durante a campanha, recomenda o MP. Composição de imagens: El País.

O Ministério Público (MP) Eleitoral, por meio da Procuradoria Regional Eleitoral (PRE), emitiu recomendação, no dia 8 de agosto, a todas as emissoras de rádio e TV da Bahia . O documento recomenda a não veiculação, por parte das emissoras, de programas, propagandas e opiniões favoráveis ou contrárias a candidatos, partidos e coligações durante o período de campanha das eleições 2018.

De acordo com o procurador Regional Eleitoral na Bahia, Cláudio Gusmão, esses ilícitos, que têm ocorrido com frequência nas últimas campanhas eleitorais, afetam o equilíbrio na disputa e a legitimidade das eleições. As vedações estão previstas no artigo 45 da Lei nº 9.504, que proíbe, ainda, veicular ou divulgar filmes, novelas, minisséries ou qualquer outro programa com alusão ou crítica a candidato ou partido político, mesmo que dissimuladamente, exceto programas jornalísticos ou debates políticos.

Além da não veiculação de informações favoráveis a respeito de candidatos e/ou partidos em suas programações normais e noticiários – se atentando às proibições estabelecidas-, a PRE/BA recomenda ainda que as emissoras mantenham, devidamente arquivados, textos e gravações dos programas transmitidos, de acordo com determinações previstas no Código Brasileiro de Telecomunicações.

Veja a recomendação.

GOVERNO MARÃO SUSPENDE ENTREGA DE COLÍRIOS E IDOSOS PODEM FICAR CEGOS

Sem colírios, idosos não conseguem tratar o glaucoma. Imagem: Google.

Três idosos (as) que sofrem com glaucoma procuraram o Blog do Gusmão para reclamar do descaso do governo do Prefeito Mario Alexandre.

Os três dependem do SUS para tratar a doença que pode deixá-los sem a visão. Todos são aposentados, mas só recebem um salário mínimo do INSS.

Segundo relatos, as clínicas conveniadas à secretaria de saúde de Ilhéus suspenderam a entrega de colírios que são fundamentais para o tratamento. 

“A médica disse que todo dia eu tenho que usar os colírios. Faz cinco dias que não uso, pois o pessoal da clínica me disse que a prefeitura suspendeu o convênio. O colírio “Travatan” custa 120 reais, fora os outros. Não tenho condições de comprar. Estou com medo de perder a visão do olho direito”, afirma uma aposentada de 68 anos, que prefere não ser identificada.

Outro lado.

O secretário de saúde de Ilhéus, Geraldo Magela, disse que o convênio com a clínica CENOE foi suspenso por ser alvo de investigação do Ministério Público Federal.

Alegou que o tratamento do glaucoma é de responsabilidade do Governo Estadual (prometeu checar melhor essa informação). Segundo Magela, a suspensão da entrega dos colírios aconteceu em outros municípios e esse problema será resolvido nesta semana.