Polícia Federal investiga compra de merenda escolar no governo Jabes Ribeiro

Ex-prefeito Jabes Ribeiro.

A secretaria de comunicação de Ilhéus informa que a Polícia Federal investiga licitações para aquisição de merenda escolar durante a gestão passada, do ex-prefeito Jabes Ribeiro (PP). As diligências da PF encerraram nesta quinta-feira, 7. Diretores e vice-diretores de escolas municipais foram ouvidos. Leia a nota.

Prefeitura de Ilhéus informa que a Polícia Federal encerrou, nesta quinta-feira (7), diligências periciais realizadas em diversos setores da administração municipal nos últimos três dias.

De acordo com a Procuradoria-Geral do Município, o perito designado para cumprir as diligências apreendeu documentos fornecidos espontaneamente pela administração municipal (planilha eletrônica com a relação de todos os processos de pagamentos vinculados às Licitações – Pregões Presenciais nº 017/2014 e 040/2015 e estudo/memória de cálculo para levantamento das quantidades e definições dos produtos licitados), conforme imagens anexas.

Ainda de acordo com a Procuradoria-Geral, esses processos são relacionados à merenda escolar e pagos com verba federal na gestão passada.

O perito realizou também registros fotográficos e entrevistas com diretores e vice-diretores de algumas unidades escolares da Secretaria Municipal de Educação, conforme informou a secretária da pasta, Eliane Oliveira.



2 responses to “Polícia Federal investiga compra de merenda escolar no governo Jabes Ribeiro

  1. Olha gente, o nosso persistente e crônico prefeito, um camaleão híbrido de raposa com enguia, já se desvencilhou de dezenas de ações processuais, investigações e denuncias que deram em absolutamente nada. Quando não, algumas ficam petrificadas nas geladeiras, varridas para o esquecimento da justiça baiana.
    Lembram-se da ópera “A Flauta Mágica” de Mozart? Do conto “O flautista de Hamelin”, reescrito pelos irmãos Grimm, Jacob e Wilhelm? Igual ao flautista mágico que prometeu e atraiu todos os ratos que infestavam a cidade para a morte? Pois é o ater ego do nosso imune prefeito pepista. Ele promete mundos e fundos, ate entronizar Ilhéus rol das cidades modelo, superdesenvolvidas, campeãs de IDH. Vamos chamar as carpideiras de defuntos e chorar junto com elas. Não se iluda, ele vai voltar a governar Ilhéus, vai substituir o Marão e, olha, com expressiva votação. Essa é uma prática parafílica pela qual o eleitor ilheense busca prazer ao sentir dor, sofrer; essa algolagnia passiva, só Leopold von Sacher-Masoch explica em detalhes. Isnif… isnif.

  2. Ainda vamos vê muita coisa …..se governo passado piuco tinha alimentação nas escolas imaginem.agora que caminhoes vindo de salvafor sem controle nem sefe e nem Galpão as firmas licitafas tem aqui no município

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *