Governo Marão abandona posto de saúde de Pimenteira

Posto de saúde de Pimenteira antes e depois do governo Marão. Fotos: BG e leitores.

Em setembro de 2016, durante o governo do ex-prefeito Jabes Ribeiro, o BG publicou reportagem sobre o abandono das comunidades de Inema e Pimenteira, sedes distritais mais distantes da zona urbana de Ilhéus. Para chegar nesses locais os motoristas têm que passar pelos territórios de dois municípios vizinhos, Itabuna e Itajuípe.

Segundo depoimentos de moradores, na época apenas uma técnica de enfermagem trabalhava diariamente no posto de saúde de Pimenteira (a 81 km de Ilhéus).

A unidade não oferecia o mínimo, como materiais de curativos, e a médica designada pelo governo anterior atendia a comunidade quinzenalmente (lembre aqui).

De lá pra cá a situação piorou. O governo Marão, que prometeu melhorar a saúde em todo o município, com ênfase na zona rural, abandonou por inteiro o posto de saúde de Pimenteira.

Unidade de saúde abandonada. Foto enviada por leitor.

A unidade está fechada faz quase dois anos e hoje serve como criatório de galinhas e outros bichos.

Atendimento médico só nas cidades vizinhas de Itajuípe e Coaraci, por meio de um carro fretado (custo de 200 reais), ou em Itabuna.

Os interessados também podem ir para Itajuípe ou Itabuna num ônibus da empresa Rota Transportes, que sai de Inema e passa em Pimenteira às 6h30min. Não há outro horário.

Ligamos para o secretário de saúde, Geraldo Magela, para tentar ouvir suas explicações. Não conseguimos contato.

Fontes da secretaria de saúde afirmam que o secretário não conhece Inema e Pimenteira e não sabe onde ficam.

Foto enviada por leitor.


One response to “Governo Marão abandona posto de saúde de Pimenteira

  1. Tentando justificar o injustificável observamos que durante essa semana sua excelência lançou com pompa e circunstância midiática a promessa de construção e equipagem de um novo Posto de Saúde; esta vez na Central de Abastecimento. Supõe-se que o abandono do Posto de Saúde de Pimenteira, tenha cedido equipamentos e orçamento financeiro para o novo PSF da Central de Abastecimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *