MP-BA desmente embargo no Pontal Park Residence, mas abre inquérito civil para investigá-lo

Por meio de uma nota pública, o promotor Paulo Sampaio, da 11ª Promotoria de Justiça de Ilhéus, desmente suposto embargo no empreendimento Pontal Park Residence, da empresa SSN, previsto para a zonal sul da cidade.

O negócio imobiliário ganhou ampla repercussão na imprensa ilheense, após denúncias relacionadas ao processo de licenciamento ambiental, feitas por um membro do Conselho Municipal do Meio ambiente ao Ministério Público da Bahia.

A nota divulgada nesta quinta-feira, 21, esclarece que até o presente momento não há irregularidades comprovadas contra o empreendimento habitacional, mas foi aberto um inquérito civil para iniciar a investigação.

Leia a nota pública e a portaria que instaurou o inquérito civil.



One response to “MP-BA desmente embargo no Pontal Park Residence, mas abre inquérito civil para investigá-lo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *