Projeto a (mar) divulga orientações sobre o que fazer com as manchas de óleo

Voluntários ajudam na retirada de petróleo cru em praias do Nordeste.

Seguem algumas orientações técnicas e informativas feitas pela Equipe do Projeto (a)mar. O momento agora não é de pânico, mas sim de buscar entender o que fazer nessa situação.

Achou mancha de óleo?

🆘Faça fotos e vídeos com coordenada geográfica e envie para os órgãos ambientais da sua cidade (Ibama, Inema, Marinha, Prefeitura,ONGs relacionadas ao assunto)

🆘 Evite compartilhar imagens e matérias em redes sociais sem saber a procedência e a veracidade da informação. Cuidado com as Fake News!

🆘 Não toque no óleo sem luvas, evite contato direto com pele, mucosas, olhos. Evite inalação.

🆘Não deixe crianças, gestantes e idosos terem contato com o material.

🆘Busque ler conteúdo informativo disponibilizado gratuitamente na internet pelos órgãos ambientais (há informações diárias no site do IBAMA, por exemplo).

🆘Se informe na Prefeitura sobre capacitações de voluntários para eventuais mutirões de limpeza em situação de emergência de óleo.

🆘Se encontrar animal oleado (vivo ou morto), não pegue o animal nem devolva-o ao mar! Acione IMEDIATAMENTE o IBAMA e os projetos que atuam com fauna marinha na sua região (aqui no sul da Bahia tem o Projeto (a)mar: 73-998122850) para receber as instruções de acordo com a situação.

🆘Para ajudar no recolhimento do óleo utilize os EPIS pra sua segurança e se informe sobre o acondicionamento e descarte do material na sua região (informe-se na Prefeitura do município)

🆘Converse com as pessoas do seus círculos sobre o assunto passando orientações e atitudes proativas e preventivas

🆘 Existe um Comando Unificado de Incidentes na Bahia- situado em Salvador- formado por representantes de organizações governamentais federais, estaduais, municipais, universidades, empresas, ONGs, defesa civil, entre outros. O Comando é a entidade à frete da situação do óleo no estado da Bahia e todos os municípios se reportam a ele e recebem as decisões e deliberações tomadas por ele.

🆘Os municípios do sul da Bahia tem equipes de trabalho (com representantes de diversos segmentos sociais) para enfrentar a situação de alerta e possível emergência, através dos seus planos de ação ao risco do óleo. Busque a Secretaria de Meio Ambiente para maiores informações.

🆘O importante é manter a calma, monitorar e ficar atentos e a postos.

🆘 Vamos manter a energia positiva e a fé de que essas grandes manchas de óleo não chegarão ao sul da Bahia.

Fonte: Projeto (a)mar
@projeto.amar.ba
(73)998122850
[email protected]



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *