Aos 85 anos, morre o jornalista e escritor Waldeny Andrade

Waldeny Andrade.

Morreu no Hospital Costa do Cacau, no final da noite de ontem (quarta, 03), o jornalista Waldeny Andrade. Waldeny atuou como repórter e diretor de veículos de comunicação durante décadas, nos tempos áureos do jornalismo sulbahiano, e era uma das vozes mais reconhecidas da região cacaueira da Bahia.

Aposentado, nos últimos anos dedicava-se a escrever livros, inclusive, finalizava mais uma obra. Anteriormente, ele publicou o livro Serra do Padeiro, que contava uma história envolvendo índios de Buerarema.

Waldeny sofria de problemas cardíacos e estava internado desde o dia 19 de maio. O corpo seguirá agora pela manhã para Itabuna.

* Informações do Jornal Bahia Online



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *