Exclusivo. Secretarias de saúde não informam quantas vacinas Coronavac Ilhéus recebeu no dia 24 de fevereiro

Quantas vacinas? Por que esconder?

Órgãos de saúde negam informações e dificultam o acompanhamento da vacinação. 

Sem qualquer tipo de justificativa pertinente, a Secretaria Estadual de Saúde se recusa a informar quantas vacinas Coronavac Ilhéus recebeu no dia 24 de fevereiro.

Postura idêntica é adotada pela Secretaria de Saúde de Ilhéus, que na última semana recebeu 1.321 doses da vacina Oxford/Astrazeneca, mas só informou à população seis dias depois.

Antes da Sesau-Ilhéus informar com atraso o recebimento da nova remessa de imunizantes da faculdade britânica, o BG por meio do Núcleo Regional de Saúde Sul conseguiu levantar a quantidade.

A publicação deste site pode ter irritado os dirigentes da secretaria municipal. Após cumprirmos nosso dever, o Núcleo Regional passou a negar novas informações. Hoje a repartição regional nos comunicou que o acesso depende do consentimento da assessoria de comunicação da SESAB. Antes não havia dificuldade.

O site de acompanhamento vacinal da SESAB está desatualizado e a SECOM-Ilhéus não é exemplo de transparência. Não podemos afirmar que o Ministério Público da Bahia e Conselho Municipal de Saúde estão fiscalizando.

Se as informações não forem passadas à imprensa, a sociedade não poderá acompanhar e fiscalizar. Corremos o risco de o clientelismo transformar os imunizantes em instrumentos de barganha e privilégios indevidos.

Vale lembrar que o governo do município é investigado pela Polícia Federal por suposto uso indevido de recursos públicos destinados à contenção da Covid-19.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *