Câmara Itinerante, projeto de autoria de Jerbson Moraes, já planeja roteiro de visitas a bairros e comunidades de Ilhéus

Jerbson Moraes, presidente da Câmara.

O presidente da Câmara Municipal de Ilhéus, vereador Jerbson Moraes (PSD) anunciou em uma emissora de rádio que, ainda esta semana, vai se reunir com assessores e técnicos da instituição para formatar modelo e criar o roteiro para dar início ao Programa “Câmara Itinerante”.

Autor do Projeto de Resolução já aprovado em plenário, Jerbson assegura que a Câmara Itinerante é instrumento voltado para a interiorização do Poder Legislativo, de suas atividades e interação com a comunidade.

“Vamos visitar bairros, distritos e levar o legislativo para despachar perto do povo”, assegura. O Programa será desenvolvido durante o ano, podendo ser realizado no período das Sessões Ordinárias, constituindo reunião Legislativa de Trabalho informal em diversas localidades do município.

O Programa “Câmara Itinerante” tem como objetivos popularizar os trabalhos legislativos, propiciando o contato direto do vereador com a população de cada região urbana e rural. “Também buscamos promover a integração entre o Poder Legislativo e a comunidade, abrindo a perspectiva de trabalharmos juntos a partir da discussão comum dos problemas comunitários”, afirma.

A iniciativa também pretende propiciar ao vereador conhecer de perto o comportamento de cada comunidade, suas reações, opiniões e anseios, atuando como interlocutor no estudo de seus problemas e encaminhando suas propostas aos setores competentes da Administração.

A participação popular é outro ponto de destaque do projeto. “Em todas as reuniões de trabalho serão convidadas a participar lideranças comunitárias, assim como os agentes públicos, renomados profissionais liberals, empresários, autoridades classistas, eclesiásticas, da segurança, judiciarias, enfim, todos cidadãos identificados como agentes ativos que residam naquela localidade”, exemplificou o presidente da Câmara.

O projeto, segundo Jerbson Morais, pretende romper barreiras entre o parlamentar e a sociedade, já que, segundo sua análise, o cidadão desconhece, na maioria das vezes, a realidade dos trabalhos desenvolvidos no plenário do Poder Legislativo.

“Partindo dessa premissa, haverá uma conscientização da comunidade da importância de sua participação política, além de apresentar a Câmara Municipal como uma instituição mais transparente para o cidadão”, assegura Morais.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *