Praça da Maramata passa a se chamar “Praça Mãe Laura Sandoyá”

Projeto de Lei de autoria da vereadora Enilda homenageou Mãe Laura com nome de praça.

O espaço de lazer popularmente conhecido como “Praça da Maramata”, localizado na região sul do município e que há anos é palco de um dos movimentos culturais mais importantes dos Povos de Terreiros em Ilhéus, passará a chamar-se Praça Mãe Laura Sandoyá. Projeto de Lei apresentado pela vereadora Enilda Oliveira (PT) e subscrito pelo vereador Kaíque Souza (Podemos) foi aprovado hoje (11) à tarde no plenário da Câmara Municipal.

O documento lembra que durante muitos anos, Mãe Laura Sandoya promoveu na praça as festividades dedicadas a Iemanjá, sempre no dia 2 de fevereiro.

“Apresentamos esse projeto de lei, a partir de diversas demandas colhidas por nosso gabinete junto à comunidade local”, destaca Enilda. Mãe Laura, recentemente falecida, vítima da Covid-19, mantinha na localidade um dos mais famosos terreiros do interior da Bahia e era defensora do espaço como ambiente coletivo e humanizado para atender o lazer da comunidade e as manifestações culturais da cidade.

A praça existente no bairro do Pontal, contígua à rua Casimiro Costa, abriga, dentre outras coisas, a Universidade Aberta do Mar e da Mata (Maramata). A professora Enilda destaca que, até o momento, a área não tem topônimo oficial.

Com a construção da nova ponte, o espaço ganhou vida própria e passou a ser um ponto importante de lazer com atração de pessoas de toda a cidade e de novos pequenos negócios, que movimentam a economia empreendedora. No entorno abriga food trucks, carrinhos de tração humana, pergolados e parque infantil, respeitando a vocação gastronômica e incentivando o comércio local.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *