Ilhéus: vereador em quarentena por covid-19 é flagrado em “tratamento intensivo” na praça com amigos

Nerival, de azul e sem máscara, conversando com uma criança.

Por volta das 16h25min., do último sábado (15), o vereador Nerival Reis (de azul na foto) foi flagrado em “grande expediente” na ‘pracinha’ localizada em frente à residência dele, no bairro Conquista, em Ilhéus.

Sem máscara, o vereador conversava com uma criança no momento do registro. No local, Nerival estava acompanhado de pelo menos mais seis pessoas. Todos também sem máscara. A mesa que Nerival usava estava repleta de garrafas de cerveja.

No dia 27 de abril, Nerival apresentou à Câmara de Ilhéus o Ofício n° 03, indicando ausência do plenário por motivo de quarentena, por ter sido contaminado pelo novo coronavírus. A correspondência foi lida pelo vereador Eder Júnior (veja aqui).

Apesar de continuar ausente das sessões na Câmara, faltando reuniões importantes como a que aprovou a reforma administrativa proposta pelo prefeito Mário Alexandre, Nerival demonstrou estar em pleno gozo de boa saúde no último sábado.

A foto acima mostra que ele, aparentemente, tem se tratado intensivamente com muito líquido. Ainda bem!

Atualmente, cada vereador eleito em Ilhéus recebe R$ 10.255,41 de subsídio, por mês, para legislar e fiscalizar o executivo municipal.



2 responses to “Ilhéus: vereador em quarentena por covid-19 é flagrado em “tratamento intensivo” na praça com amigos

  1. A remuneração de vereador é muito generosa para o pouco trabalho. Pela foto, é muito esforço do vereador com o tratamento mesmo, em se tratando de uma doença perigosa e, muitas vezes letal. Legislar e fiscalizar, são atribuições constitucionais. No caso de Ilhéus, e de muitos municípios brasileiros, a vereança faz, e pouco, legislar pois, fiscalizar o executivo, não o faz e, na grande maioria das vezes, se omite intencionalmente. Lamentável. Particularmente, defendo que o trabalho do legislador seja por produtividade. Quantos sobreviveriam? Será que o vereador em apreço sobreviveria?

  2. Semana passada, estava no acarajé popular( em frente a subida do Pacheco) conversando com o proprietário, o edil estava sem máscara novamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *