Prefeito de Itacaré apresenta projeto na Câmara que institui o Junho Verde

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, enviou para a Câmara de Vereadores o projeto de lei 011/2021 que institui no município o Projeto Junho Verde de proteção e educação ambiental.

O objetivo é promover um mês inteiro de atividades voltadas para a preservação do meio ambiente, incluindo programas importantes como o de coleta seletiva, recuperação de nascentes, inauguração de viveiros, criação do programa de educação ambiental e o Lixão Nunca Mais, que garante uma nova destinação dos resíduos sólidos.

A proposta é inserir o Junho Verde no calendário oficial do município, realizando anualmente um conjunto de ações em parceria com escolas, universidades, instituições públicas, privadas, do terceiro setor, igrejas e toda a comunidade com vistas a preservação do patrimônio natural de Itacaré. O projeto foi protocolado na manhã desta terça-feira na Câmara de Vereadores pelos secretários municipais Marcos Luedy (Meio Ambiente) e Ed Camargo (Comunicação), que destacaram a importância dessa iniciativa, que começa no mês de junho, mas que contempla ações de educação e preservação ambiental durante todo o ano.

De acordo com o prefeito Antônio de Anízio, o Projeto Junho Verde tem como objetivo desenvolver o entendimento da população acerca da importância da conservação dos ecossistemas naturais e de todos os seres vivos e do controle da poluição e da degradação dos recursos naturais, para as presentes e futuras gerações, bem como a conscientização e desenvolvimento de ações sustentáveis em prol do Meio Ambiente.

Dentre as principais ações do Junho Verde está a divulgação de informações acerca do estado de conservação do meio ambiente e das maneiras de participação ativa da sociedade para a sua salvaguarda, o fomento à conservação e ao uso de espaços públicos urbanos por meio de atividades culturais e de educação ambiental, bem como o estímulo ao conhecimento e à preservação da biodiversidade e ao plantio e uso de espécies nativas em áreas urbanas e rurais.

Também é objetivo do Junho Verde a sensibilização acerca da redução do consumo e do reuso de materiais e capacitação quanto à segregação de resíduos sólidos e à reciclagem, divulgação da legislação ambiental e dos princípios ecológicos que a regem, além de estimular o debate sobre transição ecológica das cadeias produtivas. Outra meta importante é o estímulo ao conhecimento e à inovação ambiental por meio de projetos Educacionais e ainda o estímulo ao conhecimento e a preservação da cultura dos povos tradicionais dos biomas, inseridos no contexto da proteção da biodiversidade brasileira.

O Junho Verde já começou e tem na programação uma série de atividades, a exemplo da inauguração do Viveiro de Mudas Frutíferas, Ornamentais e Essências Florestais no distrito de Água Fria, lançamento do Programa de Educação Ambiental na Rádio Paraíso Baiano, implantação do Programa de Coleta Seletiva nos Prédios Públicos de Itacaré, entrega das vassouras ecológicas e equipamentos de coleta e a apresentação dos projetos de reciclagem do Recicla.

Também será realizada durante o mês de junho a ação de Requalificação Ambiental do entorno da Cachoeira da Usina, em Taboquinhas, uma Passarinhada Urbana, lançamento da PPP envolvendo a Prefeitura de Itacaré e empresários da Praça dos Cachorros e também o lançamento do Programa de Recuperação de Nascentes do município de Itacaré, dentre várias outras atividades educativas e ambientais com a participação de toda a comunidade.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *