Justiça decreta prisão preventiva da ex-deputada federal Flordelis

Ex-parlamentar foi presa em casa, no início da noite.

Da Agência Brasil

A ex-deputada federal Flordelis teve prisão preventiva decretada pela Justiça nesta sexta-feira (13). A decisão foi tomada pela juíza Nearis dos Santos Arce, da 3ª Vara Criminal de Niterói, que acatou o pedido do Ministério Público (MP).

A ex-parlamentar, que é pastora, é acusada pelo assassinato do marido, o também pastor Anderson do Carmo, morto a tiros em junho de 2019. Flordelis responderá por homicídio triplamente qualificado, por motivo torpe, emprego de meio cruel e de recurso que impossibilitou a defesa da vítima.

Também responderá por tentativa de homicídio, uso de documento falso e associação criminosa armada. A sentença de pronúncia é de maio deste ano. Mais dez réus, a maioria da família, também respondem pelo assassinato de Anderson do Carmo.

Na decisão, a magistrada destaca que Flordelis foi pronunciada por todos os delitos imputados a ela pelo Ministério Público e que, a partir das provas já apresentadas, há indícios suficientes quanto à autoria dos graves crimes cometidos.

No início da noite, a ex-deputada foi presa em casa, devendo ser levada para o sistema prisional.

A defesa de Flordelis foi procurada para se pronunciar sobre a prisão, mas ainda não se manifestou.



One response to “Justiça decreta prisão preventiva da ex-deputada federal Flordelis

  1. O grande escritor brasileiro Nelson Rodrigues (botafoguense doente) escreveu textos memoráveis, entre eles destaco Otto Lara Rezende ou Bonitinha Mas Ordinária. A flor de lis que brota nos lagos orientais embeleza e serve de alimento. A nossa cultivar humana, cheia de fé e romântica, mata igual a madrágora. Relembrando o Otto Lara Rezende com uma das suas tiradas memoráveis: “Mineiro só é solidário no câncer”. Taí.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *