“Fujões” do Ariston Cardoso aproveitaram ida de vigilante ao banheiro para escapar

Iugrácio Santos de Oliveira e Dannison Araújo Santos.

Na manhã de domingo (09) dois detentos fugiram do presídio Ariston Cardoso, em Ilhéus. Para realizar a fuga, os criminosos utilizaram vários lençóis, formando uma espécie de corda, vulgarmente conhecida como “tereza”.

Eles também contaram com ajuda de pessoas que estavam do lado de fora do presídio e aproveitaram o momento em que um servidor que faz a vigilância da unidade prisional foi ao banheiro.

O BG apurou que a ação foi realizada por volta das 9h30. Após perceberem que um vigilante saiu do posto de observação, três detentos deram início ao plano de fuga. Eles foram identificados como: Iugrácio Santos de Oliveira, Dannison Araújo Santos e André Lucas Machado Sá.

Utilizando a “tereza”, eles escalaram o muro do Ariston pela parte interna, no entanto, um deles caiu (André Lucas), sendo novamente capturado pelos agentes de segurança.

Já do lado de fora, uma escada aguardava os fujões. Segundo as informações, ela foi posicionada próxima de uma área de mangue.

A polícia ainda não localizou Iugrácio e Dannison. Após o ocorrido, uma grande revista nas celas  do presídio teria sido feita, onde foram encontrados três aparelhos celulares.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *