23 mil toneladas de madeira saíram do Porto de Ilhéus para a Europa

O desembarque de 23.000 toneladas de madeira, no final do último mês, no Porto de Aveiro, em Portugal, saída do Porto de Ilhéus, marca a retomada da movimentação do produto pela CODEBA. A exportação de madeira em bruto para a Europa estava suspensa, desde março de 2021, por causa da pandemia da COVID-19.

“A exportação de madeira para Portugal é uma atividade importante para o Porto de Ilhéus. A retomada das operações é a constatação de que o setor se mantém ativo e que as operações comerciais envolvendo a commodity superaram as restrições do período da pandemia e já retornam a seu ritmo normal, fomentando a criação de empregos no Brasil e a geração de novas receitas para a região”, explica Carlos Autran Amaral, diretor-presidente da Companhia das Docas da Bahia – CODEBA, Autoridade Portuária responsável pela administração do Porto de Ilhéus.

Ao todo, até o final deste ano, serão quatro operações envolvendo a commodity. Três delas no estilo round trip, em que o transporte para Aveiro utilizará o mesmo navio, o Esperance Bay. A quarta viagem poderá ser feita por um navio de maior porte, caso haja excedente de carga.

Mesmo com a exportação de madeira temporariamente suspensa, o Porto de Ilhéus registrou, no acumulado de 2021, até agosto, movimentação de 209.859 toneladas de soja, 75.727 toneladas de níquel e 55.933 toneladas de cacau, que apresentou uma alta de 141,72%, em relação ao acumulado no mesmo período do ano anterior.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *