Enem em Ilhéus: estudantes alegam falta de ônibus; Sutram afirma que empresas cumpriram acordo

Nesse domingo (21) ocorreu a aplicação do Enem em todo o país. As provas iniciaram às 13h30, com horário de término até às 19h.

Em Ilhéus, por meio de um comunicado na sexta-feira (19), a Autarquia de Transporte e Trânsito (Sutram) informou que haveria maior disponibilidade de ônibus para atender a demanda do Exame.  No entanto, segundo diversos relatos nas redes sociais, essa não foi a realidade.

Estudantes que residem nos distritos afirmaram que, em algumas localidades, não houve oferta de ônibus. A situação teria feito com que algumas pessoas desistissem de ir até o local da prova.

Também foi relatado que os ônibus foram recolhidos para garagem por volta das 18h. Com isso, os estudantes que encerraram as provas às 19h ficaram sem transporte para o retorno.

Já a Sutram informou que nesse dia foi realizada uma fiscalização do transporte coletivo, onde foi constatado a circulação de 28 ônibus, conforme acordo com as empresas São Miguel e Viametro.



3 responses to “Enem em Ilhéus: estudantes alegam falta de ônibus; Sutram afirma que empresas cumpriram acordo

  1. SÓ TEVE TRANSPORTE COLETIVO NA AREA URBANA. NO INTERIOR NÃO TEVE. AI PERGUNTO: OS ESTUDANTES DO INTERIOR NÃO TEM DIREITO DE FAZER AS PROVAS DO ENEM ?

  2. Infelizmente aqui nunca teve fiscalização.ontem passei pelo centro não vi nenhum depois das 18:30

  3. Eu quero ver quando o superintendente de trânsito e a prefeitura de Ilhéus vão obrigar essas empresas a rodarem todos os dias das cinco da manhã a meia noite como era os horários antes, e fiscalizar as sucatas, as latas velhas que chamam de ônibus fiscalizar e não deixa esses ônibus velhos rodarem, fiscaliza e exigir também motorista e cobradores nos ônibus grandes que não são microônibus como determina a lei municipal. Porque até agora eu só vi a prefeitura dando o que as empresas pediu que foi 15 milhões, sete milhões é meio para cada uma, fiscalizando as lotações, fiscalizando os taxi que fazem lotação mas não vejo fiscalizando as empresas. Gostaria de pergunta ao prefeito Marão e o superintendente de trânsito o capitão Serpa, quem manda no município é as empresas ou é a prefeitura e órgão municipal de trânsito? Pergunta não ofende.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *