Em recesso, Câmara de Ilhéus suspende atividades da CEI do transporte público

Na manhã desta terça-feira (11), o presidente da Câmara de Vereadores de Ilhéus, Jerbson Moraes, decidiu suspender o funcionamento da Comissão Especial de Inquérito (CEI) do transporte público, instaurada no final do ano passado, após o polêmico acordo entre a Prefeitura Municipal e as empresas concessionárias do serviço. São Miguel e Viametro vão receber, “de mãos beijadas” do erário, R$ 15 milhões.

A decisão do presidente levou em consideração o recesso do legislativo ilheense neste mês de janeiro, com retorno previsto para fevereiro. De acordo com a decisão, o objetivo é de “evitar a produção de atos nulos”,  “protegendo-se a higidez e legalidade do processo investigativo parlamentar”.

A decisão ainda levou em consideração o pedido do vereador “Gurita” de anular os atos já praticados pela CEI a partir de janeiro de 2022.

Com retorno das atividades da Câmara no próximo mês, caberá aos demais vereadores decidirem pela continuidade dos trabalhados da Comissão Especial de Inquérito.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *