BLOG DO GUSMÃO

Menu

Siga-nos

Caso Ranitla: mais uma vez o TJ-BA mantém o mandado de prisão preventiva contra Tharciso Aguiar

Tharcísio Aguiar acumula três decisões contrárias do judiciário.

Exclusivo.

O desembargador Antonio Cunha Cavalcanti, da Segunda Câmara Criminal do TJ-BA, negou novamente pedido de habeas corpus feito pelo advogado José Maurício Coqueiro, que representa o empresário Tharciso Aguiar, responsável pelo atropelamento e morte da cirurgiã-dentista Ranitla Scaramussa.

No dia 28 de junho, o mesmo desembargador manteve o mandado de prisão preventiva contra Tharciso, determinado pelo juiz Gustavo Lyra. O empresário está foragido.

No pedido mais recente, a defesa sustenta não haver indícios de que Tharciso tenha agido com consciência e vontade de atropelar e matar a vítima.  Também não há, segundo o advogado, indícios de que o autor soubesse dos riscos quando trafegava pela BA-001, e justificativa plausível para que a justiça considere o acidente como um homicídio doloso (intencional).

Na decisão desta quarta-feira (6), o desembargador lembra que ao depor na delegacia após o atropelamento, Tharcisio afirmou a intenção de ficar num local “não informado” às autoridades. O fato de estar escondido dificulta a aplicação da lei e a instrução processual.

Familiares de Ranitla afirmam que Tharciso conduzia seu carro em alta velocidade (140 Km/h) e, por isso, assumiu o risco de atropelar e matar.

Veja a decisão.

WhatsApp
Facebook
Twitter
Email
Print

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Newsletter

Fique Informado

Assine a newsletter e receba as notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.
É rápido. É fácil. É de graça.

Siga-nos
Mais lidas
julho 2022
S T Q Q S S D
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031