BLOG DO GUSMÃO

Menu

Siga-nos

Quatro pessoas são conduzidas à delegacia por furto de energia em Santa Cruz Cabrália


A Neoenergia Coelba e a Polícia Civil realizaram, na tarde de quarta-feira (6), uma operação de combate ao furto de energia na Zona Rural de Santa Cruz Cabrália. As equipes técnicas da distribuidora identificaram e removeram sete ligações irregulares em fazendas da região, que cultivavam pimenta do reino, café e banana. Como resultado da ação, quatro pessoas foram conduzidas à delegacia e poderão responder a um inquérito policial sobre furto de energia, cuja pena pode chegar a oito anos de reclusão.

Participaram da ação oito equipes da distribuidora, além de profissionais da Polícia Civil e da Polícia Técnica. As irregularidades estavam ligadas diretamente na rede elétrica da distribuidora, sendo utilizadas, em sua maioria, para colocar em funcionamento bombas d’água. Na operação, foram recuperados 334 mil quilowatt-hora (kWh) de energia, que seria suficiente para abastecer três mil residências durante um mês.

Os alvos da operação foram mapeados após análise do centro de inteligência da Neoenergia Coelba e de fiscalizações em campo. Para identificar as unidades como possíveis consumidoras irregulares, a distribuidora utilizou softwares associados a sensores inteligentes que controlam o fluxo de energia elétrica na rede de distribuição, auxiliando as ações de investigação em campo. Esses sistemas permitem uma maior assertividade das operações de combate ao furto de energia.

“Nós seguimos inspecionando todos os tipos de consumidores em toda a Bahia, sejam eles residenciais, rurais ou comerciais. A distribuidora vem investindo em tecnologia e aumentando a quantidade de operações em campo visando remover a maior quantidade de ligações irregulares possíveis”, destacou o gerente do Departamento de Gestão da Receita, Rodrigo Almeida.
 
Crime e denúncias

A distribuidora reforça que os “gatos” representam riscos para a segurança de quem os realiza e da população. Além disso, o furto de energia prejudica o fornecimento de energia da região, podendo causar graves problemas para a rede elétrica e ocasionar a interrupção do abastecimento.

O furto de energia é crime previsto no artigo 155 do Código Penal Brasileiro, com pena de até a oito anos de reclusão pela prática ilegal. Por isso é importante a denúncia de fraudes e furtos de energia. O apoio da comunidade é essencial para identificar os desvios e acionar a distribuidora. As denúncias são feitas de forma anônima através do telefone 116 ou pelo site da Neoenergia Coelba (www.neoenergiacoelba.com.br) na parte de Serviços, na aba Denúncia de Irregularidade.

Texto: Ascom-Neoenergia Coelba.

WhatsApp
Facebook
Twitter
Email
Print

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Newsletter

Fique Informado

Assine a newsletter e receba as notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.
É rápido. É fácil. É de graça.

Siga-nos
Mais lidas
julho 2022
S T Q Q S S D
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031