BLOG DO GUSMÃO

Menu

Siga-nos

Augusto Castro consegue construção de quase 700 moradias para famílias que perderam suas casas na enchente

Ministro Daniel Ferreira parabenizou o prefeito Augusto Castro pela bom projeto elaborado.

O prefeito de Itabuna, Augusto Castro (PSD), acompanhado do deputado Paulo Magalhães (PSD) e do secretário de Fazenda e Orçamento, Davi Dultra, foram recebidos em audiência pelo ministro do Desenvolvimento Regional, Daniel Ferreira, na tarde de terça-feira, dia 12, quando teve a aprovação do projeto para a construção de 697 casas populares e autorização de empenho. As unidades habitacionais serão destinadas a famílias dos bairros Nova Itabuna (Rua Beira Rio), Maria Matos (Rua de Palha), Lomanto (Rua da Bananeira), Vila da Paz e Jaçana (Rua 15 de Novembro) que tiveram suas casas destruídas ou semi destruídas nas enchentes no final de dezembro de 2021.

Além das unidades habitacionais, estão previstos a construção de loteamento com infraestrutura e a recomposição urbanística e ambiental da área atingida pelas enchentes na orla do Rio Cachoeira na zona oeste da cidade.

Segundo o prefeito Augusto Castro, Itabuna foi o primeiro município a assinar a documentação no Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) devido à rapidez como os projetos foram elaborados pelas equipes técnicas da Defesa Civil, subordinada à Secretaria de Segurança e Ordem Pública (SESOP), e das secretarias municipais de Promoção Social e Combate à Pobreza (SEMPS), Infraestrutura e Urbanismo (SIURB) e Planejamento (SEPLAN).

O deputado Paulo Magalhães acompanhou o prefeito na audiência com o ministro Daniel Ferreira.

“O governo municipal ágil rápido na tragédia das cheias de dezembro passado. Não apenas trabalhando para devolver a normalidade a cidade, como no acolhimento e cadastramento das famílias atingidas e na elaboração de projetos para dar um lar digno para essas pessoas”, ressaltou o prefeito Augusto Castro.
A secretária municipal de Planejamento, Sônia Fontes, explica que os próximos passos incluem os projetos executivos e os devidos processos licitatórios para a contratação de empresas de engenharia e construção. “Com os recursos federais empenhados, a assinatura da anuência e a publicação no Diário Oficial da União, estamos caminhando para resolver os problemas sociais causados pelas enchentes. Certamente, as famílias serão atendidas para que tenham dignidade de reerguer suas vidas”, afirmou.

Atualmente, além de assegurar as cerca de 700 casas junto ao Governo Federal, a Prefeitura de Itabuna está também aguardando análise de outro projeto para moradias populares para famílias desabrigadas junto ao Governo do Estado. “Nossas equipes técnicas foram ágeis na preparação da documentação para buscar recursos financeiros para atender as famílias desabrigadas”, finalizou a titular da SEPLAN.

Texto: DCS-Itabuna.

WhatsApp
Facebook
Twitter
Email
Print

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Newsletter

Fique Informado

Assine a newsletter e receba as notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.
É rápido. É fácil. É de graça.

Siga-nos
Mais lidas
julho 2022
S T Q Q S S D
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031