POLICIAIS MILITARES AUTUAM DIRETOR DE TRÂNSITO POR DIRIGIR CARRO SEM PLACA

Uma briga de trânsito, com aproximadamente quatro horas de duração, envolveu policiais militares e membros da administração do prefeito Newton Lima, em Ilhéus.

Segundo informações, o diretor municipal de trânsito, Jorge Farias, estava dirigindo um carro de sua propriedade, por volta das 17:00 horas de ontem (sábado/10), nas imediações do posto Brasil (avenida Itabuna), quando o pelotão de motos da polícia militar mandou parar o veículo, e fez uma autuação. Motivo: ausência da placa dianteira.

Os policiais informaram ao diretor que o carro seria guinchado.

Farias justificou que a placa estava no porta-malas, e que teria soltado no mesmo dia da confusão.

O secretário de serviços públicos, transportes e trânsito, Carlos Freitas, entrou em cena para amenizar a situação, mas, não teve jeito, os homens de farda continuaram irredutíveis. Freitas, conhecido como “o xerifão”, pegou as chaves do carro, enfiou no bolso e disse: “Daqui o carro não sai, a maior autoridade do trânsito de Ilhéus sou eu”.

No calor da discussão, membros da prefeitura fizeram uma acusação grave, sugerindo a existência de uma máfia do guincho, com bonificação de R$ 40,00 para os policiais, por cada carro (ou moto) apreendido. Depois disso, o tempo fechou de vez, com gritos e ameaças de ambos os lados.

Alguns oficiais da PM foram acionados, a exemplo do coronel Teixeira (diretor do Colégio Militar) e o tenente Valdenir, assim como um procurador jurídico do município, Mozart Aragão. A partir daí, foi estabelecida uma mesa de negociação, aos olhos do público acumulado com o passar das horas, para resolver em definitivo o problema.

Resultado: todos foram para a 7ª COORPIN, onde a troca de acusações continuou por um bom tempo, encerrando às 21:00 horas.

De todo o caso, vale ressaltar que o carro sem placa não foi guinchado.



24 responses to “POLICIAIS MILITARES AUTUAM DIRETOR DE TRÂNSITO POR DIRIGIR CARRO SEM PLACA

  1. Louvável a atitude da Policia Militar, carro irregular sem placa,seja
    Jorge Farias, Carlos Freitas ou qualquer cidadão deve levar multa e o
    veiculo ser guinchado. Porém deve se averiguar se existe máfia do guincho, aí entra em cena o DETRAN.

  2. Parabéns, Polícia Militar!!

    Cumpram o vosso dever, pois a “política” passa e a imagem de vocês continuam.

    Amanhã estes senhores estarão de papo pro ar nas praças do Centro, vocês não, a vida continua!!!

  3. ISSO É SÓ A PONTA DE UM ICEBERG DOS DESMANDOS QUE EXISTEM NESSE “BOLO” CHAMADO GOVERNO DE ILHÉUS E QUE AOS POUCOS VÊM Á TONA,. O POVO ESTÁ SÓ REGISTRANDO…

  4. Se com a Polícia Militar eles agiram assim, imaginem se fosse um pobre de um Agente de Trânsito da própria prefeitura cumprindo a sua obrigação legal? Era exoneração sumária por insubordinação.
    Foi a prova mais fiel de que existe favorecimento e coorporativismo dentro do serviço público ilheense. Se estava irregular tem que sofrer as sanções sim. Ou vai se abrir o precendente para os demais cidadãos?
    Como é que o Sr. Secretário de Transportes e Trânsito vai poder cobrar uma multa por irregularidade que, por acaso, venha a ser cometida por mim nas ruas da nossa cidade? Cadê o exemplo? Educação é de berço. Se não ensina seus filhos o caminho da Igreja (seja ela qual for), ele aprende o caminho da delegacia.
    As acusações foram feitas e cabe a quem de direito investigá-las a fundo, mas no presente momento a Polícia Militar está de PARABÉNS pelo cumprimento da ordem pública.
    É isso que a população precisa se conscientizar para definir o que fazer quando estiver em frente à urna eletrônica.

  5. Outra coisa: será que não cabe contra o Sr. Carlos Freitas uma ação por DESACATO, ABUSO DE AUTORIDADE, e outras coisas do gênero?

  6. Chocante:
    Cel Teixeira nem deveria ter ido ao local,preoteger seu amigo carlinhos freitas,pois os policiais estavam certissimos, no cumprimento do dever.Ficou feio para o s5. cel, carlinhos todos sabem seu procedimento… é por isso que o transito esta um caos em ilheus

  7. Carlos Freitas transformou Ilhéus no paraiso das multas, só em 2009 foram mais de 700 mil reais em multas, agora quando é com eles não vale…..PORRETA.

  8. O caso em questão requer multa sim, pois o uso da plaça de identificação do veiculo é obrigatória, porem o caso não requer guichamento, pois o motorista poderia ser conduzido para averiguações na delegacia, no proprio veiculo, autuado, acho que já virou rotina, se chamar guicho para tudo aqui em Ilhéus, fato que gera suspeita de parceria pessoal ente Policial militar X empresa de guicho; nesse caso, tenho certeza que Carlos Freitas esta certo, pois o nesses casos, chamar o guicho é desnecessário. Justiça neles !!!!

  9. Me tirem uma duvida; se a placa estava no porta mala não seria mais coerente solicitar ao proprietario do veiculo que a colocasse no devido lugar , aplicasse a devida multa e depois liberasse o mesmo? haveria mesmo a necessidade de chamar o guincho? a placa dianteira é passiva de apreensão do veiculo? porque não precisa de autorização do detran para mandar confeccionar? porque a mesma não possui lacre? enfim, havia a nessessidade de chamar um guincho apenas por isso.

  10. Trafico de influencia, abuso de poder, prevaricação, falta mais algum crime a ser tipificado… Por que a maior autoridade de transito foi ao local da blitz para fazer descumprir o código de transito?
    Art. 230. Conduzir o veículo:
    I – com o lacre, a inscrição do chassi, o selo, a placa ou qualquer outro elemento de identificação do veículo violado ou falsificado;
    II – transportando passageiros em compartimento de carga, salvo por motivo de força maior, com permissão da autoridade competente e na forma estabelecida pelo CONTRAN;
    III – com dispositivo anti-radar;
    IV – sem qualquer uma das placas de identificação;
    V – que não esteja registrado e devidamente licenciado;
    VI – com qualquer uma das placas de identificação sem condições de legibilidade e visibilidade:
    Infração – gravíssima;
    Penalidade – multa e apreensão do veículo;
    Medida administrativa – remoção do veículo;
    Art. 262. O veículo apreendido em decorrência de penalidade aplicada será recolhido ao depósito e nele permanecerá sob custódia e responsabilidade do órgão ou entidade apreendedora, com ônus para o seu proprietário, pelo prazo de até trinta dias, conforme critério a ser estabelecido pelo CONTRAN.
    § 1º No caso de infração em que seja aplicável a penalidade de apreensão do veículo, o agente de trânsito deverá, desde logo, adotar a medida administrativa de recolhimento do Certificado de Licenciamento Anual.
    § 2º A restituição dos veículos apreendidos só ocorrerá mediante o prévio pagamento das multas impostas, taxas e despesas com remoção e estada, além de outros encargos previstos na legislação específica.
    § 3º A retirada dos veículos apreendidos é condicionada, ainda, ao reparo de qualquer componente ou equipamento obrigatório que não esteja em perfeito estado de funcionamento.
    § 4º Se o reparo referido no parágrafo anterior demandar providência que não possa ser tomada no depósito, a autoridade responsável pela apreensão liberará o veículo para reparo, mediante autorização, assinando prazo para a sua reapresentação e vistoria. CTB

    ano

  11. A placa não estava violada (forçar a abertura de (algo fechado ou selado); arrombar ) estava dentro do carro, com a numeração original e verdadeira.

  12. A PM está certa, mais não tem moral, porque são despreparados, mau educados, e dão mau exemplo, pois no posto policial da URBIS por exemplo, os carro da PM e dos soldados, ficam em cima do passeio, a menos de cinco metros de um cruzamento, atrapalhando o transito e os pedestres, são um bando de fedorentos.

  13. É O FEITIÇO VIRANDO CONTRA O FEITIÇEIRO E AINDA ACHA QUE TEM MORAL PARA MANDAR MULTAR OS CIDADÃOS DE BEM DE ILHÉUS, SEM QUE TENHA VIABILIZADO UM VAGA DE ESTACIONAMENTO SEQUER.
    CADÊ A MULTA QUE TINHA QUE LHE SER APLICADA? SÃO DOIS PESOS E DUAS MEDIDAS? NÃO TEM MORAL PARA TENTAR VIABILIZAR A INDÚSTRIA DAS MULTAS, PARA FAZER MÉDIA COM OS “L…” DO PODER.

  14. UMA CIDADE QUE TEM UM SECRETÁRIO DESSE E, POR CONSEGUINTE, UM DIRETOR DE TRÂNSITO SEM MORAL É UMA CIDADE VERDADEIRAMENTE ABANDONADA.
    HÁ DE SE PERGUNTAR: QUEM OS ORIENTA E DIRIGE? SÃO IGUAIS? PENA QUE O POVO NÃO TENHA PREVISTO…, MAS AINDA HÁ TEMPO, PORQUE SE PENSARMOS NOS “EDIS” QUE AÍ ESTÃO, TUDO CONTINUARÁ IGUAL…, POIS SÃO TODOS FARINHA DO MESMO SACO.
    AINDA RESTA A POLICIA MILITAR… TENHAMOS ESPERANÇA!

  15. E agora Sr secretário sera que as pessoas irão respeitar os guardas do setrans(os azuzinhos)vcs teriam que dar bons exemplos.E OUTRA COISA TOMEI CONHECIMENTO A ESSA SEMANA QUE AS MULTAS APLICADAS PELO SETRANS Ñ SÃO VALIDAS ´SO A PESSOA QUE SOFREU A MULTA ENTRA COM RECURSO QUE ELAS SÃO TIRADAS POIS A CLASSE Ñ É RECONHECIDA.DEVE SER PQ ESSE TRABALHO É FEITO POR GUARDAS MUNICIPAIS NO PRÓPIO PROJETO DA GUARDA DIZ.SE ESTOU FALANDO ALGUMA BOLBAGEM ESPERO EXPLICAÇÕES

  16. Tem membro do Conselho Municipal de Tranporte de Ilheus que responde processo (além de outros) no Fórum de Ilheus por ter sido flagrado dirigindo embriagado!! Pode? E ainda por cima é representante da Delegacia Sindical Costa do Cacau da APLB-APPI. Consulte no portal do TJ BA os processos sob nº 0006305-55.2009.805.0103, 0006305-55.2009.805.0103 e 0004731-02.2006.805.0103! Uma ficha de “gente fina” !

    NOTÍCIA DA POSSE: http://www.r2cpress.com.br/node/11106

  17. Nós motoristas temos que protestar quanto a possíveis notificações, porque esses servidores da secretaria de transportes de Ilheus não dão exemplos nenhum, muitos estão com os veiculos de forma irregular, eles foram mal educados com a PM, os policiais vão ser tirados da rua, porque a política ela está acima da léi, infelizmente, a PM ficará desmoralizada e de mãos atadas pra qualquer ação. Ilheus virou uma baderna, uma cidade tão maravilhosa repleta de baderneiros e incompetentes no serviço público!!

  18. Esse pessoal da secretaria de transporte são tão inconpetentes e desiformados que vinculou uma notícia dizendo que homens do 15º BPM de Itabuna estavam fazendo blitz em Ilheus, era bom que o cmd entrasse com uma ação para eles provarem.

  19. O PRORBLEMA É QUE SEMPRE TEM GENTE DEFENDENDO ESSES TIPOS DE INFRATORES,QUERENDO ACHAR ERRO NA ABORDAGEM NA PARTICIPAÇÃO POLICIAL…
    A PLACA DIANTEIRA É OBRIGATÓRIA, SE ELA CAIU ELE TERIA QUE COLOCA LA NA HORA ,AFINAL SÓ SÃO DOIS PARAFUZINHOS , OU ATÉ AMARRAR COM ARAME,ESSA HISTÓRINHA SO ENGANA OTÁRIO E AINDA TEM GENTE QUERENDO SER ” coerente solicitar ao proprietario do veiculo que a colocasse no devido lugar ,” ONDE O MESMO É QUE TERIA QUE DAR O EXEMPLO.
    É POR ISSO QUE ESSE PAÍS NÃO VAI PARA FRENTE

  20. este é o país da impunidade, um diretor de transito que deveria dar exempo anda irregular e ainda desobedece uma ordem legal, impedir que apreenda-se o carro, pobre policiais que tentando fazer valer o seu trabalho e nao e cumprido, a minha indignação sao tres: a falta de placas no veiculo e sim motivo de autuaçao prevista no CTB, e a medida administrativa é remoção do veiculo e nao retenção para regularizaçao, e outra se o tal diretor tentau de alguma forma nao deichar isso ocorrer, deveriam ter dado voz de prisão por desobediencia, resistencia e assim por diante, mas o que mais me chocou é que o incompetente do coronel que ali se fez presente, que com certeza foi chamado para respaldar o soldado que tentou aplicar a lei conforme preve o ctb no seu art 230 inc.VI, e ficou de bla bla bla 4 horas como foi citado e por questoes politicas prevaricou que é contra a lei e acredito por ser militar prevaricar e crime previsto no cod penal militar ou eu estou errado ? e o soldado este sim esta de parabens, embora nao tenha conseguido realizar seu trabalho e talves ate punido pelo incompetente coronel que la esteve, ou tranferido a bem do serviço ou algo assim, e infelizmente a real impunidade dos grandoes prevalece.
    sou contra a mafia do guicho sim e se isso existe tem que acabar, mais porque esse assunto so agora foi a tona, porque o folgado do diretor de transito nao denuncio ao comando da policia militar ou ao ministerio publico, e porque o tal coronel não apurou os fatos isso sim e o seu dever e nao passar a mao na cabeça de quem notoriamente esta errado andando com placa no portamala, da uma olhadinha o que diz o art 115 do CTB Coronel e Diretor “cherifão da incompetencia e da ignorancia”, que país é esse seja profissional, seja integro e digno da profissão que vc escolheu…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *