BLOG DO GUSMÃO

Menu

Siga-nos

GERSON MARQUES E OS DESEMPREGADOS

O petista Gerson Marques, defensor incansável da Bamin e do Porto Sul, afirma: Ilhéus tem 25.000 desempregados.

Este blogueiro, crente na dúvida, pergunta: de onde Gerson Marques tirou esse dado?

O IBGE ainda não divulgou os números, deste quesito, do último censo realizado em 2010. O CAGED, que mede a evolução do emprego, informa apenas contratações formais (com carteira de trabalho) e demissões.

Ilhéus possui cerca de 25 mil pessoas beneficiadas pelo Bolsa Família, mas isto não significa desempregados. Estudioso no assunto, ouvido pelo Blog do Gusmão, explica: “o programa não cruza seu cadastro com os dados do Ministério do Trabalho. Por outro lado, há trabalhadores, principalmente do mercado informal, que recebem o benefício”.

A diarista deste blogueiro é um bom exemplo. Ela ganha de 150 a 250 reais, por semana, limpando residências de alguns clientes. Recolhe o INSS como autônoma, e o “bolsa” serve para custear o reforço escolar dos três filhos menores.

Não faz muito tempo que uma funcionária da secretaria de assistência social do município foi denunciada por receber o auxílio do governo federal.

A dúvida persiste e atormenta: de onde Gerson Marques tirou esse número?

Pesquisa realizada pela Sócio Estatística, de 21 a 24 de maio de 2011, revela entre os ilheenses, o caos na saúde como o problema mais grave na cidade. 37,9% reclamaram dos problemas no SUS. 26,7 do desemprego.

A crise no mercado de trabalho ainda se destaca, mas já não é a mais notória preocupação. Além do mais, esse índice é flutuante, oscila muito e é complicado de medir com tamanha precisão (25 mil?).

Longe deste blog querer afirmar que não há desempregados em Ilhéus, mas resta a dúvida: de onde Gerson Marques tirou esse número?

O espaço está disponível para explicações.

WhatsApp
Facebook
Twitter
Email
Print

9 respostas

  1. Esses números podem ser confirmados no IBGE. Acho que o desemprego em Ilhéus é alto, comparado ao resto do país. Não sei em números absolutos, mas apostaria num número grande.

    Todavia, gostaria de entender melhor o exemplo do texto: uma diarista que consegue 150 a 200 reais por semana. Considerando as que conheço, ela também deve trabalhar sem carteira assinada, sem previdência, sem férias remuneradas.

    Considera-se que ela está “empregada”? É isso mesmo?

    Se é esse o caso, então o desemprego em Ilhéus (e no mundo todo) é quase nulo.

    Afinal, todo mundo faz alguma coisa para sobreviver. Catam lixo, “vigiam” estacionamentos, lavam carros, vendem artesanato na beira da estrada, trabalham nas roças de Cacau, vendem “drops” no sinal prá alguém.

    Pessoalmente eu acho difícil chamar isto de estar “empregado”.

    Imagino que o IBGE também acha.

    Estou pensando que a gente precisa entender e esclarecer exatamente que tipo de “emprego” se deseja e se planeja para as pessoas de Ilhéus e do Sul da Bahia.

    Valeu!

  2. Gerson Marques fala atirando para todos os lados, se for para provar que a SOLUÇÃO de Ilhéus é o pó de ferro,ele dirá e fará tudo que for possivel e impossivel, essa de dizer que Ilhéus e uma cidade falida e que tem 25.000 desepregados é fichinha!! Hoje a BAHIA MINERALÇAO(EMPREZA CAZAQUISTANEzA) a do pó de ferro, contratou os serviços de uma organização nova para defender seus interesses e Gerson faz parte desse grupo.
    A BAHIA MINERAÇÃO, está de opereta, depois nao vao poder culpá-la por não ter cumprido suas promessas.
    O nome dessa instituição é COESO

    PEDRO,,,, MEU NOME É PEDROOOOOOOOOOOOO

  3. o Pais passa por uma fase de pleno emprego.
    Ate mesmo em Ilheus, encontrar pedreiros esta dificil.
    O que falta , sem duvida alguma, é a capacitacao de pessoas para se habilitarem a enorme demanda de empregos disponiveis nas empresas.

    Isso so esta sendo possivel pela estabilidade da moeda, assim investidores,pequenos empresarios,medios empresarios,produtores rurais, vendo a possibilidade de vender mais ou ganhar acima do mercado financeiro, investem no seu negocio.

    A obrigacao dos governos de investir na qualificacao da mao-de-obra, foi esquecido no planejamento, agora que o mercado esta aquecido, tentam acelerar o que deviam ter feito a alguns anos atras.

    O que se ve é um ganho para o trabalhador, mas, ate quando?

  4. Degas,
    Gosto muito do Blog do Gusmão, mas isso não significa que eu seja um leitor passivo. Eu verifico quase sempre.
    O IBGE não tem esse número. Entre na página ou ligue para o 0800-721-8181 e veja vc mesmo.
    Não me consta que os economistas desprezem o emprego informal. Consulte um economista da UESC. Vc deve conhecer muitos, pois dá aula na instituição.
    A diarista citada, segundo Gusmão, recolhe o INSS como autônoma.Tá no texto, mas isso, obviamente não é uma regra.
    Não dá pra discutir com tanta subjetividade, na base do eu acho, eu imagino.
    Não fica bem!

  5. Claro que se pode discutir sobre o que as pessoas pensam. É disso que se cponstroem os argumentos.

    Concretamente: uma “diarista” que não tenha previdência, ou férias, 13o salário, nem repouso semanal remunerado está empregada? Está num emprego informal?

    Ou está sub-empregada?

    Que tipo de empregos queremos criar em Ilhéus? Diaristas? Gente vendendo artesanato e frutinhas nas estradas? É o máximo que essas pessoas podem almejar? Esta é a proposta de “empregos”?

    Observação: não conheço a diarista de Gusmão. Não estou falando especificamente dela.

  6. Degas é do time do Pó(pó de ferro) não levem para o outro lado!!!!!!!!

    meu nome é pedro…….pedrooooooooooooo!!!!!!!!!!!1

  7. Do mesmo lugar de onde ele tirou que é um grande estrategista político.De sua cabeça de muringa.

  8. É só aplicar a media nacional de desemprego que esta em torno de dez por cento da população, neste caso se chega fácil a dezoito mil desempregados, considerando que a nossa cidade e região esta em crise (Cacau) e nosso comercio e industria são muito fracos é muito fácil passar de vinte e cinco mil.
    Outra coisa Gusmão, subemprego não conta, empregado é com carteira assinada.
    Esta evidente que a pessoas que assina Pedroooooo é Socorro Mendonçaaaaaa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Newsletter

Fique Informado

Assine a newsletter e receba as notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.
É rápido. É fácil. É de graça.

Siga-nos
Mais lidas