BLOG DO GUSMÃO

Menu

Siga-nos

INDICADORES DA SAÚDE DE ILHÉUS – 3

Nessa quinta-feira (09), o Blog do Gusmão finaliza a divulgação dos dados referentes à saúde de Ilhéus, que constam no sistema de indicadores sociais.

O sistema foi encomendando pelo Instituto Nossa Ilhéus. Hoje mostraremos os seguintes indicadores da saúde: Internação por IRA e DDA, Mortalidade motivada por problemas no aparelho circulatório, mortalidade por câncer do colo do útero e de crianças menores de cinco anos.

Os dados colhidos referem-se aos últimos três anos (2009-2011). Usaremos valores absolutos para facilitar a compreensão.

Internação por IRA– A Infecção Respiratória Aguda (IRA) em crianças está relacionada às más condições socioeconômicas (como local de residência inadequado e alta densidade domiciliar) e de atenção básica à saúde infantil, principalmente diante de fatores ambientais.

Problemas respiratórios levaram 349 ilheenses à morte no ano passado.

Em Ilhéus, os casos de IRA tendem a diminuir. Em 2009, foram 438 internações. Um ano depois, 475 e em 2011 houve queda significativa, chegando a 349.

Internações por DDA – A internação de crianças por doenças diarreicas agudas (DDA) reflete as condições socioeconômicas e de atenção básica à saúde da criança, associada às condições de infraestrutura ambiental. Indica também a efetividade de medidas de prevenção e controle, bem como as condições de diagnóstico e da assistência médica dispensada.

Apesar de um aumento acentuado entre 2009 e 2010, de 377 para 559, no último ano, os números diminuíram, indo a 292.

Mortalidade por problemas no aparelho circulatório – A mortalidade por causas do aparelho circulatório está entre as principais causas de mortalidade no país. Ela é associada a fatores de risco como tabagismo, hipertensão, obesidade, colesterol, diabete, sedentarismo e estresse. Ela expressa também as condições de diagnóstico e da assistência médica dispensada, principalmente na atenção básica e nas ações preventivas.

Em 2009, foram 327 óbitos. 2010 fechou com 295 e no ano passado foram registrados 262 casos.

Mortalidade por câncer do colo do útero– É o segundo tipo de câncer mais comum entre mulheres no Brasil e no mundo. Seu controle é considerado prioritário pela Política Nacional de Atenção Oncológica, já que a mortalidade é, em grande parte, evitável por meio de exames preventivos e rastreamento dos casos.

Mortes de mulheres com câncer no colo do útero aumento em Ilhéus.

Apesar da queda entre 2009 e 2010, de 6 para 5 casos, no ano passado houve um aumento, chegando a 8 mortes.

Mortalidade de crianças menores de 5 anos – A mortalidade de menores de cinco anos é apontada pela Organização Mundial de Saúde como um indicador de grande relevância. À medida que a mortalidade infantil (até um ano) decai, em razão da melhoria do atendimento à gestante e à atenção no primeiro ano de vida, a mortalidade até cinco anos capta com maior precisão condições de vida, saúde e higiene adversas, servindo como indicador geral de desenvolvimento social.

Comparada a 28 cidades de mesmo porte, Ilhéus fica na última posição nesse indicador, ao mesmo tempo em que apresenta alguma redução na incidência. Em 2009, foram 81 óbitos. 2010 fechou com 76 e 2011 com 73.

Para conferir os outros indicadores da saúde de Ilhéus, basta clicar aqui ou aqui.

WhatsApp
Facebook
Twitter
Email
Print

Uma resposta

  1. Infelizmente o ar das grandes metrópoles, além da poluição têm vírus, bactérias, fungos e ácaros dentro das nossas casas, afetando a saúde de crianças, idosos, gestantes, hipertensos, cardíacos, diabéticos e esportistas e todas as pessoas que sofrem de alguma alergia respiratória como asma, rinite, sinusite, bronquite, além de gripes, resfriados e pneumonia. Tente manter a casa limpa e colocar um bom purificador de ar nos quartos e verá como você e a sua família poderão respirar, relaxar e dormir melhor a noite. Procure um purificador que possua filtro de carvão ativado e o verdadeiro filtro HEPA, o mesmo utilizado em centros cirúrgicos e que consegue reter até 99,97% das impurezas acima de 0,3microns, sem efeitos colaterais e danos ao meio ambiente, sem contar na proteção comprovada da nossa pele contra a poluição do dia a dia.
    Já existe no Brasil o purificador de ar da Sharp com tecnologia Plasmacluster. É um produto revolucionário e já comprovado por institutos de pesquisas independentes de vários países. O único purificador do mundo que emite íons positivos e negativos simultâneos (patente da Sharp), como na floresta, para atacar vírus, bactérias, fungos e ácaros diretamente no ar, no chão e nas paredes fazendo as pessoas necessitadas consigam viver com mais conforto e saúde. Este purificador já ajudou inclusive na prevenção e no combate à proliferação da gripe de frango em hospitais de Hong Kong/China. [email protected]
    Fonte: Qar / Sharp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Newsletter

Fique Informado

Assine a newsletter e receba as notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.
É rápido. É fácil. É de graça.

Siga-nos
Mais lidas